Primeiro Jornal

João de Deus vai cumprir prisão em casa após decisão da Justiça

Condenado por uma série de abusos sexuais contra mulheres durante atendimentos espirituais, João de Deus cumpre pena desde 2018

Estele San Juan, no 1º Jornal 15/09/2021 • 06:39 - Atualizado em 15/09/2021 • 08:28

O Tribunal de Justiça de Goiás determinou, nesta última terça-feira (14), que João de Deus deixe o presídio e volte a cumprir prisão domiciliar, conforme informou a defesa dele. 

Condenado por uma série de abusos sexuais contra mulheres durante atendimentos espirituais, João de Deus cumpre pena desde 2018, mas voltou ao Complexo Prisional de Aparecida de Goiânia no dia 26 de agosto. 

Ele sempre negou ter cometido os crimes. Ao oferecer a última denúncia contra ele por estupro de vulnerável, o Ministério Público de Goiás fez um novo pedido de prisão pelo fato de as vítimas se sentirem inseguras com ele cumprindo pena em regime domiciliar, o que foi acatado pela comarca de Abadiânia (GO). 

Ainda de acordo com os promotores, a Justiça aceitou a denúncia, o tornando réu, e decretou a prisão, no final do mês passado. João de Deus já estava cumprindo pena em regime domiciliar por causa da pandemia do coronavírus, mas voltou ao presídio em agosto, após a 15ª denúncia apresentada pelo MP contra o réu. 

Agora, com a nova decisão unanime da Justiça, ele deve voltar a responder pelos seus crimes em sua casa, em Anápolis, a 55 km de Goiânia.

  • João de Deus
  • prisão
  • casa
  • Justiça
  • Goiás