Primeiro Jornal

Justiça decreta prisão preventiva de PMs acusados de execução

Policiais que mataram dois suspeitos de roubo foram afastados e tiveram a prisão preventiva decretada

Da Redação, com 1º Jornal 14/06/2021 • 05:43 - Atualizado em 14/06/2021 • 10:16

O Comando da Polícia Militar solicitou a prisão preventiva dos policiais envolvidos na morte de dois suspeitos após abordagem. As informações são da Julia Fermino e Igor Calian, no 1º Jornal.

O Sargento André Chaves da Silva e o Soldado Danilton Silveira da Silva tiveram prisão preventiva decretada pelo Tribunal de Justiça de São Paulo, ambos são do 1º BPM/M. 

Felipe Barbosa, de 23 anos, e Vinícius Alves, de 19, morreram na hora. Os dois foram encontrados com 50 perfurações de tiros. O vídeo apreendido pela investigação, mostra parte dos disparos feitos pelos PMs. 

Na tarde deste domingo (13) a Polícia Militar já tinha afastado os agentes que se envolveram no caso. A abordagem ocorreu na última quarta-feira (09), por volta das 19h, na Rua Doutor Rubens Gomes Bueno, em Santo Amaro, na capital paulista. 

Segundo a polícia, os agentes do 1º BPM/M, que estavam em patrulhamento pela região, viram alguns homens com atitudes suspeitas em um Onix/ Chevrolet, branco e tentaram realizar a abordagem, mas os suspeitos fugiram.

No COPOM os policiais checaram que o carro usado pelos suspeitos era fruto de roubo. Na fuga, o Onix bateu em um poste e dessa forma a Força Tática conseguiu localizar os suspeitos.

Nesse momento houve um confronto armado e os dois criminosos que estavam dentro do Onix foram baleados. Foi posteriormente constatado pela equipe de resgate o óbito no local de um dos suspeitos.

Foram apreendidos dois revolveres, um cal.38 marca Rossi, e outro cal. 32 Taurus que estavam na posso dos suspeitos. A ocorrência foi encaminhada ao 11º DP, as investigações prosseguem pela Corregedoria da PM e pelo DHPP.

  • Polícia Militar
  • São Paulo
  • PMs
  • PM
  • prisão