Primeiro Jornal

Quadrilha faz refém durante ataque a joalheria e é presa em Taboão da Serra (SP)

O fato ocorreu na noite desta quinta-feira (20) no Shopping Taboão, que fica na Rodovia Régis Bittencourt

Maria Carolina MouraLuiz Henrique AlmeidaLetícia Souza 21/01/2022 • 09:00 - Atualizado em 21/01/2022 • 11:12

Cinco homens, entre 24 e 33 anos, foram presos depois de uma tentativa de assalto a uma joalheria em Taboão da Serra, na Região Metropolitana de São Paulo. O fato ocorreu na noite desta quinta-feira (20) no Shopping Taboão, que fica na Rodovia Régis Bittencourt, no Jardim Helena. 

Segundo a polícia, os agentes receberam um chamado para roubo a estabelecimento comercial dentro do shopping. No local, descobriram tratar-se de uma tentativa de roubo a uma joalheria chamada 'A Suissa'.

Os criminosos iniciaram o assalto rendendo os seguranças que estavam próximo à entrada do shopping. Neste momento, as câmeras de monitoramento já começaram a captar a movimentação estranha. 

No momento em que chegaram à joalheria, outros seguranças já haviam realizado um cerco em volta da loja. Os bandidos pegaram uma segurança, mulher, e a utilizaram como escudo.

“Você vai abrir e não tenta colocar a senha de pânico, se você colocar a gente vai dar um tiro na sua cabeça. Não quiseram dinheiro, entraram no propósito de só [roubar] joia, mas ainda bem que o shopping tem a segurança muito competente que não deu tempo de fazer nada. Não conseguiram roubar nada. Terrível uma sensação dessa, nunca passei e estou há oito anos [trabalhando]”, contou a segurança feita refém.  

Os assaltantes chegaram a atirar para intimidar os funcionários. O policiamento foi acionado e alguns dos criminosos detidos. 

A quadrilha, especializada em roubo a joalherias, usou três carros para cometer o crime. Em um Nissan Versa branco, foram encontrados um colete e um rádio comunicador, subtraídos dos seguranças. Em um Palio, que foi abandonado pelos bandidos em Interlagos, havia armamento utilizado pelos assaltantes. Quatro foram detidos pela Polícia Militar e um pela Guarda Civil Metropolitana. 

Nada foi levado da loja, mas em um dos veículos haviam celulares e relógios roubados, o que indica o envolvimento dos detidos em outros assaltos. O restante da quadrilha, que ainda não foi quantificada, conseguiu fugir. 

Em nota, a assessoria do shopping informou que ninguém se feriu e que as autoridades policiais foram acionadas imediatamente. O caso foi encaminhado ao 1ºDP de Taboão da Serra. 

Outros casos

Este foi o segundo roubo a joalheria em uma semana no estado de São Paulo. No dia 14 de janeiro, um criminoso em uma cadeira de rodas saca uma arma aos funcionários de uma loja em São José do Rio Preto, no interior paulista. 

No dia 26 de agosto, houve um assalto a joalheria no Centro de São Paulo. No dia 13 de novembro, criminosos invadiram uma loja de joias em Sorocaba. 

Nos últimos seis meses, já houve pelo menos outros nove assaltos a joalheria de shoppings no estado.