Notícias

Procuradora-geral aprova parecer que aumenta salário de colegas para R$ 39 mil

Procuradores de São Paulo podem ganhar até R$ 39 mil, máximo pago a servidores públicos, mesmo salário de ministros do STF

Da redação 27/06/2022 • 15:06 - Atualizado em 27/06/2022 • 15:25

A procuradora-geral do estado de São Paulo, Inês dos Santos Coimbra, aprovou um parecer que aumenta o salário dela e dos colegas de profissão para o teto dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF). 

Com isso, o novo valor pode chegar a R$ 39 mil, o que representa um aumento de R$ 4 mil por mês a alguns trabalhadores da categoria.

O parecer, porém, precisa passar pela Secretaria de Fazenda de São Paulo, a quem cabe aprovar o reajuste. O órgão foi procurado pela reportagem do Boa Tarde, São Paulo, mas apenas respondeu que o tema é debatido internamente pela Procuradoria-Geral do Estado (PGE).

Atualmente, os procuradores do estado recebem salários de R$ 35,4 mil. Cerca de 800 servidores podem ser beneficiados com a medida.