Notícias

Quais são as regras para turistas brasileiros entrarem no Uruguai?

Entrada de brasileiros no país vizinho está liberada de acordo com protocolos sanitários, como o esquema de vacinação completo

Ana Carla Bermúdez, colaboração para a Band em Montevidéu (URU) 09/11/2021 • 14:44 - Atualizado em 23/11/2021 • 16:38
Palácio Salvo, localizado na Praça Independência, em Montevidéu
Palácio Salvo, localizado na Praça Independência, em Montevidéu
Pixabay

Disputadas por clubes brasileiros, as finais da Libertadores e da Copa Sul-Americana serão realizadas em novembro no Uruguai. A entrada de turistas no país vizinho está liberada desde o dia 1º de novembro, mas é preciso seguir uma série de protocolos sanitários devido à pandemia do coronavírus --as mesmas regras serão aplicadas aos torcedores.

Os jogos dos times brasileiros terão torcida, e serão realizados no estádio Centenário, na capital Montevidéu. 

No dia 20 de novembro, Athletico-PR e Red Bull Bragantino disputarão a taça da Sul-Americana. Na semana seguinte, no dia 27, será a vez Flamengo e Palmeiras entrarem em campo pela final da Libertadores.

Uruguai está aberto para brasileiros

Poderão ingressar no país os estrangeiros maiores de 18 anos que comprovem ter recebido o esquema de vacinação completo contra o coronavírus (duas doses ou dose única, a depender do tipo do imunizante) há menos de 9 meses. 

A última dose deve ter sido recebida pelo menos 15 dias antes da viagem. De acordo com o governo uruguaio, não haverá restrição quanto aos fabricantes de vacinas.

Vídeo: ingressos para a final da Libertadores custam a partir de R$1.100

Mesmo vacinados, os turistas devem apresentar um resultado de RT-PCR negativo, realizado a no máximo 72 horas do início da viagem. O teste deve ser repetido no 7º dia após a entrada no país. Não será exigida quarentena.

Também será permitida a entrada de maiores de 18 anos que comprovem, por RT-PCR ou teste de antígenos, terem sido infectados pelo coronavírus no período de 90 dias antecedentes à viagem. 

Os testes devem ter sido realizados entre 90 e 20 dias antes da entrada no país. Um novo PCR será exigido no 7º dia de estadia em território uruguaio. Não haverá necessidade de quarentena.

Já os menores de 18 anos poderão ingressar no país sem a imunização completa, mas com um resultado de PCR negativo feito no prazo de 72 horas antes do início da viagem.

Todos os turistas devem contar, ainda, com um seguro de saúde válido no Uruguai. Também é obrigatório preencher, pela internet, uma declaração jurada de saúde --são pedidas informações como dados de contato, o local de estadia no Uruguai e os certificados de vacinação e PCR.

Com quase 75% da população vacinada com as duas doses, a pandemia no Uruguai é considerada em estado de controle. No dia 8 de novembro, a média móvel de novas mortes foi de 1, enquanto a média móvel de novos casos foi de 193. O país tem cerca de 3 milhões de habitantes.

Em todo o território uruguaio, menos de 30 pessoas estão internadas em UTI (Unidade de Terapia Intensiva) com diagnóstico de coronavírus. Segundo o jornal local El País, cerca de 40% dos pacientes foram hospitalizados por outros motivos --ou seja, a descoberta da infecção pela covid veio por meio de exames de rotina.