Notícias

Quem é o motorista do Porsche que matou homem em acidente

Empresário e estudante de engenharia, Fernando Sastre de Andrade vem de família com empreendimentos na área imobiliária e foi liberado após se apresentar às autoridades

Da redação

Quem é o motorista do Porsche que matou homem em acidente
Fernando Sastre de Andrade Filho, empresário que matou motorista em acidente com Porsche
Reprodução/Facebook @fesastre

O empresário Fernando Sastre de Andrade Filho, de 24 anos, foi responsável pela morte o motorista de aplicativo Ornaldo da Silva Viana, de 52, após colidir o Porsche que dirigia contra o carro da vítima.  

O acidente ocorreu na madrugada do último domingo (31), na Avenida Salim Farah Maluf, no Tatuapé, na Zona Leste de São Paulo

A Polícia Civil aponta que o veículo estava acima do limite permitido na via, de 50 km/h, apesar de não saber precisar a velocidade exata, que deve sair na perícia.

Depois de se apresentar às autoridades nesta segunda-feira (1), o estudante de engenharia na Universidade Presbiteriana Mackenzie saiu da delegacia pela porta da frente.

A família de Fernando tem empresas no ramo imobiliário e de construção, a maioria registrada com endereço na Zona Leste da capital. 

Inscrita com capital social de mais de R$ 400 mil na Receita Federal, o jovem aparece como sócio na Sastre Empreendimento Imobiliário. O pai, um tio e um primo também constam como administradores.

"No Dia Nacional do Trânsito, não cometa essas falhas comuns, como excesso de velocidade em áreas urbanas", diz postagem da construtora familiar feita numa rede social em setembro do ano passado (veja abaixo). Hoje fora do ar, o perfil de Fernando havia curtido o post.

Além da companhia cadastrada para compra, venda, aluguel de imóveis próprios e construção de edifícios, o empresário também aparece como sócio único da FF Andrade. A empresa é especializada em serviços administrativos e foi aberta quanto ele tinha 19 anos de idade.

O pai do estudante de engenharia, Fernando Sastre de Andrade, aparece como sócio de outras três companhias ativas, todas no ramo imobiliário. 

Além de dois empreendimentos especializados na construção e incorporação de imóveis, ele também tem uma loja de materiais de construção e uma distribuidora de ferro e aço.

Como foi o acidente

  • Câmeras de segurança gravaram momento em que o Porsche 911 bate na traseira de um Sandero com muita violência. 
  • Após a colisão, os carros vão para a lateral da pista e atingiem um poste (assista abaixo). O motorista de aplicativo Ornaldo da Silva Viana morreu após a batida.
  • O condutor do Porsche fugiu do local. A mãe dele, Daniela Cristina de Medeiros Andrade, de 45 anos, disse aos policiais que ele seria encaminhado ao Hospital São Luiz Ibirapuera.  
  • Os agentes foram até a unidade de saúde para colher informações e oferecer o teste do bafômetro, para checar se o jovem havia bebido 
  • Na recepção, foram informados de que Fernando não deu entrada em qualquer hospital da rede  
  • Fernando foi indiciado por homicídio doloso, quando há a intenção de matar, lesão corporal e fuga de local de acidente, segundo a Secretaria da Segurança Pública. 
  • Também são investigados policiais militares por liberarem o empresário e a mãe após o acidente, o que impossibilitou a realização do teste do bafômetro.

Tópicos relacionados

  • Segurança Pública
  • São Paulo
  • Polícia Civil