Notícias

Com vacinação avançada, Reino Unido planeja "vida normal" em junho

Da Redação, com Jornal da Band 23/02/2021 • 19:47 - Atualizado em 23/02/2021 • 19:57

Com a vacinação contra a covid-19 adiantada, a contagem regressiva para ter a vida de volta ao normal começou no Reino Unido. O governo planeja o fim de todas as restrições em 21 de junho. As informações são do correspondente Felipe Kieling ao Jornal da Band.

Mas para que isso aconteça, quatro coisas precisam correr como planejado.

- O sucesso da campanha de vacinação, com previsão de imunizar todos os adultos até 31 de julho

- A redução das hospitalizações por Covid-19

- A diminuição taxa de contágio

- A eliminação do risco de outras variantes

No plano divido por fases, as escolas são prioridade. As crianças voltam às aulas presenciais em 8 de março.

No dia 12 de abril, lojas e salões de beleza poderão reabrir. Bares e restaurantes receberão clientes, mas só em ambientes abertos.

No dia 17 de maio, será a vez de hotéis e cinemas, enquanto bares e restaurantes passarão a receber clientes em ambientes fechados também. E as regras de distanciamento social serão relaxadas: os abraços finalmente estarão liberados.

Em 21 de junho, se tudo der certo, a vida voltará ao normal, com casas noturnas, shows e arenas esportivas operando com capacidade total.

Com a crise sanitária começando a ficar sob controle, o próximo desafio será superar a crise econômica. O fim das restrições por aqui acontecerá um ano e meio após o primeiro lockdown. Muitos estabelecimentos já faliram e outros não vão conseguir sobreviver.

A economia do Reino Unido sofreu um tombo de quase 10% em 2020, a maior retração em mais de 300 anos.

  • reino unido
  • covid-19
  • pandemia