Notícias

São Bernardo do Campo (SP) investiga morte de adolescente que tomou vacina da Pfizer

Autoridades apontam que vítima tomou o imunizante fora do grupo específico

Da Redação, com Band News FM 16/09/2021 • 16:36 - Atualizado em 17/09/2021 • 08:56
caso aconteceu no início do mês no Hospital e Maternidade Vida's
caso aconteceu no início do mês no Hospital e Maternidade Vida's
Myke Sena/Ministério da Saúde

A prefeitura de São Bernardo do Campo, no ABC paulista, afirma que está investigando a relação da morte de uma adolescente de 16 anos após tomar a vacina da Pfizer contra a Covid-19.  O caso aconteceu no início do mês no Hospital e Maternidade Vida's.

As autoridades apontam que a vítima tomou o imunizante fora do grupo específico para quem tem alguma comorbidade.  

De acordo com a gestão municipal, a morte foi prontamente notificada à Vigilância Epidemiológica do Estado de São Paulo para as devidas investigações.  

No fim da tarde desta quinta, a Anvisa divulgou que já investiga o caso da morte da jovem, que ocorreu em 2 de setembro. Contudo, a agência destaca que “não há relação causal definida entre este caso e a administração da vacina”. E ressaltou a aprovação da imunização desse público com o imunizante da Pfizer, feita em junho de 2021, após análise de estudos de fase 3 que demonstraram sua eficácia e segurança.

Segue a íntegra da nota enviada pela prefeitura de São Bernardo do Campo:  

"A Prefeitura de São Bernardo do Campo esclarece que compete ao município a aplicação da vacina. Informa que, após ter conhecimento do falecimento da adolescente de 16 anos, ocorrido no Hospital e Maternidade Vida's, situado na cidade de São Paulo, realizou, prontamente, a notificação do caso à Vigilância Epidemiológica do Estado de São Paulo para as devidas investigações. Mais informações da causa da morte o próprio em questão pode colaborar com toda a imprensa. Não há, até o momento, qualquer comprovação que relacione a vacinação da adolescente com sua morte. O município segue a diretriz do Plano Estadual de Imunização (PEI) e, desde 16/08, realiza a aplicação da vacina contra o Coronavírus no público adolescente (12 a 17 anos) com o imunizante da Pfizer".  

  • Covid-19; Vacina; São Bernardo do Campo; Pfizer