Notícias

São Paulo avalia mudar taxa de ocupação em escolas

Hoje, as escolas só podem receber os alunos nas salas com 35% da capacidade, mas esse percentual leva em consideração apenas o número de matrículas

Da Redação, com BandNews TV 09/05/2021 • 22:08 - Atualizado em 09/05/2021 • 22:27
São Paulo avalia mudar taxa de ocupação em escolas
São Paulo avalia mudar taxa de ocupação em escolas
Rubens Cavallari/Folhapress

A Secretaria de Educação de São Paulo estuda mudar o critério para definir a taxa de ocupação das escolas durante a pandemia. Hoje, seguindo o Plano São Paulo, as escoas só podem receber os alunos nas salas com 35% da capacidade. No entanto, esse percentual só leva em consideração o número de matrículas e não o tamanho das salas e das escolas. As informações são da BandNews TV.

Em entrevista coletiva, o secretário Rossieli Soares explicou que a pasta estuda mudar esse critério. Ele não explicou quando a medida vai ser tomada e se vai valer tanto para a rede privada quanto para a pública.

Pelo boletim epidemiológico, a pasta confirmou 5.651 casos prováveis entre professores e alunos de covid-19 desde janeiro. E chama-se “casos prováveis” porque houve uma mudança na classificação da Secretaria de Educação. Segundo Rossieli, havia um conflito e os dados da Secretaria de Educação e Secretaria de Saúde não estavam batendo. Por isso, a partir deste mês, só vai ser considerado como um caso confirmado depois que um caso provável for validado pela Secretaria de Saúde.

  • são paulo
  • escolas