Notícias

Senado apresentará projeto para tentar destravar negociação do Governo por novas vacinas

Da Redação, com Jornal da Band 22/02/2021 • 21:10

Depois de reuniões com fabricantes de vacina contra covid-19 e com o ministro da Saúde Eduardo Pazuello, o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), anunciou que um projeto de lei vai ser apresentado ainda nesta segunda-feira (22) para estabelecer os critérios para compra por estados, municípios e até por empresas. A ideia é destravar a negociação com mais fornecedores e aumentar a oferta do produto no Brasil. As informações são do Jornal da Band.

O governo não aceita a isenção de responsabilidade das farmacêuticas Pfizer e Janssen por eventuais efeitos negativos das vacinas. Já as empresas dizem que essa cláusula é a mesma nos contratos com outros países. 

Pelo menos 69 países assinaram contrato com a Pfizer e já receberam a vacina. Na América Latina, Brasil, Argentina e Venezuela Recusaram a cláusula. 

Pacheco sugere que o Congresso aprove uma lei autorizando a União a assumir os riscos. 

O Ministério da Saúde admitiu que as negociações com a Pfizer e a Janssen, iniciadas em abril do ano passado, estão emperradas, e culpa a falta de flexibilidade das empresas. Por isso, pediu orientação ao Planalto sobre como agir. 

Enquanto o impasse com a Pfizer segue sem solução, 2 milhões de doses da vacina de Oxford, que saíram da índia, devem chegar a São Paulo nesta terça-feira (23). Elas serão rotuladas na Fiocruz, no Rio de Janeiro, e devem começar a ser distribuídas na quinta-feira (25). 

  • vacina
  • rodrigo pacheco
  • senado
  • governo federal
  • covid-19