Notícias

Traficante conhecido como "Senhor das Armas" é extraditado para o Brasil

Segundo a PF, ele é um dos maiores fornecedores de armas de facções criminosas da América do Sul

Maurício Bastos 19/01/2022 • 07:07 - Atualizado em 19/01/2022 • 12:54

O traficante Pedro César Pietro, conhecido como “Senhor das Armas”, foi extraditado para o Brasil nesta terça-feira (18). O paraguaio estava preso desde 2020 em Ciudad del Este, no Paraguai, acusado de tráfico internacional de armas de fogo.

Pietro foi entregue à Polícia Federal sob forte esquema de segurança através da Ponte da Amizade, em Foz do Iguaçu, para ser encaminhado ao sistema penitenciário brasileiro. A ação fez parte da Operação Fronteira. 

Segundo a PF, o traficante é um dos maiores fornecedores de armas da América do Sul e um dos responsáveis por abastecer facções criminosas brasileiras, especialmente no Rio de Janeiro

“O estrangeiro foi alvo da Operação Fronteira deflagrada pela Superintendência da Polícia Federal no Rio de Janeiro, em dezembro de 2020, com objetivo de prender traficantes internacionais de armas e drogas, responsáveis pelo envio dos ilícitos para o Brasil”, informou a PF, em nota.

“A investigação foi resultado de um trabalho integrado e de cooperação internacional das instituições brasileiras e paraguaias, que contou com a participação da Núcleo de Cooperação Policial Internacional (Interpol/RJ)”, completou. 

Diferentemente do Brasil, o Paraguai permite a extradição de seus cidadãos que cometem crimes em outros países.