Notícias

Solidariedade decide expulsar o vereador Dr. Jairinho

Pedido já foi encaminhado pela direção do partido à Comissão Executiva Nacional

Da Redação, com Rádio Bandeirantes 08/04/2021 • 13:44 - Atualizado em 08/04/2021 • 15:16
Pedido já foi encaminhado pela direção do partido à Comissão Executiva Nacional
Pedido já foi encaminhado pela direção do partido à Comissão Executiva Nacional
Divulgação

O Solidariedade decidiu nesta quinta-feira (08) expulsar sumariamente o vereador Dr. Jairinho, do Rio de Janeiro. A informação é de Giovanna De Boer, da Rádio Bandeirantes.

O pedido já foi encaminhado pela direção do partido à Comissão Executiva Nacional.

Diz a legenda que “luta por um futuro melhor para os brasileiros e repudia qualquer tipo de maus tratos e violência, principalmente contra crianças e adolescentes”.

Jairinho foi preso na manhã desta quinta-feira (08) em meio às investigações da morte do enteado, Henry Borel, de 4 anos. Ele e a mãe da criança, Monique, estariam atrapalhando as investigações.

O casal foi preso na casa de uma tia do vereador em Bangu, Zona Oeste do Rio, por volta das 6h10. As investigações apontam que o vereador é responsável pela morte da criança, ocorrida em 8 de março.

O partido lembra que Dr. Jairinho “já estava afastado e licenciado do partido antes do anúncio de sua prisão”.

  • Henry Borel
  • Doutor Jairinho
  • Solidariedade