Notícias

SP: ABC inicia vacinação de crianças sem comorbidades contra a covid-19

Após liberação da Coronavac para faixa de 6 a 11 anos, algumas cidades ampliaram campanha

Fernanda Borges no Jornal Metro 21/01/2022 • 07:40 - Atualizado em 21/01/2022 • 07:44
SP: ABC inicia vacinação de crianças sem comorbidades
SP: ABC inicia vacinação de crianças sem comorbidades
Tânia Rego/Agência Brasil

As cidades do ABC Paulista iniciam a vacinação contra covid-19 das crianças de 6 a 11 anos sem comorbidades. Pelo menos em quatro municípios da região, os pais ou responsáveis já podem fazer o agendamento ou, em alguns locais, comparecer diretamente aos postos de saúde com os pequenos (veja o detalhamento de cada cidade abaixo).

Em São Bernardo, a vacinação dessa faixa etária com a Coronavac começou ainda na quinta-feira (20), horas depois que a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) autorizou o uso do imunizante para o público de 6 a 11 anos.

De acordo com a prefeitura da cidade, foi recebido um lote com 50 mil doses de vacinas, o que possibilita a abertura do agendamento para todas as crianças de 5 a 11 anos de idade, com ou sem comorbidades, a partir desta sexta-feira (21).

Os pais ou responsáveis devem acessar o site da prefeitura, ou o aplicativo SBC na Palma da Mão, e fazer o cadastro da criança. Para facilitar o atendimento no dia da aplicação, também é necessário preencher os dados no site Vacina Já, do Governo do Estado.

Vídeo: Anvisa aprova CoronaVac para crianças

As doses serão aplicadas nas 33 Unidades Básicas de Saúde (UBS), de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h, e aos sábados e domingos, das 8h às 17h – aos finais de semana exclusivamente para a aplicação das doses no público de 5 a 11 anos.

As crianças de 5 anos e as imunossuprimidas serão imunizadas somente com a dose pediátrica da Pfizer, enquanto as crianças de 6 a 11 anos poderão receber doses também da Coronavac.

Santo André

A Prefeitura de Santo André abriu ainda na quinta-feira o agendamento para vacinação de crianças de 6 a 11 anos de idade sem comorbidades contra a covid-19. O público será imunizado com a vacina Coronavac, sendo que a dose será a mesma utilizada para os adultos, com intervalo de 28 dias.

Para se vacinar é necessário realizar pré-cadastro no site Vacina Já e depois fazer agendamento no site da prefeitura, que indicará data, local e horário da vacinação.

Assim como para os adultos, o agendamento da vacinação é vinculado ao número do CPF, que é um documento obrigatório. Além disso, o certificado internacional da vacina está vinculado ao documento. No momento da vacinação é necessário apresentar documento de identidade e comprovante de endereço.

A vacinação está disponível em sete pontos estratégicos localizados em diversas regiões da cidade: Reabilita, Sabina, Cesa Parque Erasmo, Cesa Vila Palmares, Cesa Humaitá, Cesa Cata Preta e Cesa Santo Alberto.

Diadema

A Prefeitura de Diadema também inicia a vacinação de crianças com 9 anos ou mais, sem comorbidades, a partir desta sexta-feira. Segundo a administração municipal, após a liberação da Coronavac pela Anvisa, será possível flexibilizar a imunização na cidade.

As doses estarão disponíveis nas 20 Unidades Básicas da Saúde (UBSs), de segunda a sexta-feira, das 8h30 às 16h. Não é necessário agendamento.

Para agilizar a vacinação, a Secretaria Municipal de Saúde recomenda que os pais façam o pré-cadastro no site Vacina Já. Basta o responsável acessar o endereço, clicar no botão “Crianças até 11 anos” e preencher o formulário.

Mauá

A partir desta sexta-feira, as crianças de 9 a 11 anos sem comorbidades começam a receber a primeira dose do imunizante contra a covid-19 em Mauá. Até então, somente o público de 5 a 11 com comorbidades, deficiência ou autismo vinha sendo vacinado.

As doses serão aplicadas nas 23 UBSs (Unidades Básicas de Saúde), de segunda a sexta-feira, das 9h às 16h – Magini, Zaíra 2 e Flórida imunizam até as 20h. As crianças devem estar acompanhadas por pais ou responsáveis.

Já o público de 5 a 11 anos com comorbidades, deficiência e autismo passa a ser imunizado nas UBSs, e não mais nas escolas municipais. Confira a lista de comorbidades clicando aqui.

São Caetano

A cidade de São Caetano iniciou a vacinação contra covid-19 de crianças de 5 a 11 anos com comorbidades, na última segunda-feira (17), no Centro de Especialidades Médicas, no Bairro Fundação. As doses também são aplicadas na UBS Ivanhoé Esposito, no Bairro Barcelona.

A administração municipal destacou que ainda aguarda o envio de mais doses dos imunizantes para reabrir o agendamento para crianças de outras idades no site da prefeitura.

Ribeirão Pires

Em Ribeirão Pires, são imunizadas as crianças de 5 a 11 anos com comorbidades. A liberação para os demais sem comorbidades ainda não foi divulgada.

Por enquanto, segundo a prefeitura, a imunização acontece na Escola Municipal Engenheiro Carlos Rohm I, localizado na Rua 1° de Maio, 170, das 9h às 16h. Não é necessário agendamento.

Para a vacinação, será obrigatória a presença do pai, mãe ou avós, devidamente comprovada com a documentação. Na ausência, será solicitada a assinatura do termo de assentimento por um deles.

Além disso, é necessária a apresentação do RG, CPF, relatório médico, cartão SUS e carteirinha de vacinação.

Rio Grande da Serra

A Prefeitura de Rio Grande da Serra vacina crianças de 5 a 11 anos com comorbidades desde o último dia 17. A ampliação para o público sem comorbidades ainda não foi divulgada.

Segundo a administração municipal, não é necessário agendamento, apenas apresentação de documento com foto e o número do CPF.

Os pais ou responsáveis podem procurar atendimento na UBS Vila São João, que fica na R. Ceará, 261 – Vila S. João.

Este texto foi originalmente publicado no METRO JORNAL