Notícias

Suspeitos de incendiar prédio da comunidade chinesa em MG são presos em SP

Investigação de Minas Gerais indica que os dois suspeitos foram contratados por pessoas de São Paulo para atear fogo no prédio comercial em Campo Belo

Por Karina Cordeiro

Uma operação conjunta entre as Polícias Civis de São Paulo e Minas Gerais prenderam duas pessoas suspeitas de atear fogo em um prédio comercial da comunidade chinesa em Campo Belo, a cerca de 250 quilômetros de Belo Horizonte. 

Os mandados de prisões temporárias foram cumpridos na manhã desta quarta-feira (5). O incêndio foi seguido de explosão aconteceu na madrugada do dia 16 de março, o que colocou vida de pessoas em risco. 

A investigação de Minas Gerais indica que os dois suspeitos foram contratados por pessoas de São Paulo para atear fogo no prédio comercial em Campo Belo. 

Além das prisões, a polícia encontrou com um dos suspeitos cerca de 630 papelotes de cocaína, apreendida pelos agentes. 

Tópicos relacionados

Mais notícias

Carregar mais