Notícias

TCU suspende construção de ligação entre CPTM e aeroporto de Guarulhos

Tribunal questiona falta de transparência no processo e modelo escolhido

Ana Paula Rodrigues, da Rádio Bandeirantes 17/09/2021 • 10:40
Tribunal questiona falta de transparência no processo e modelo escolhido
Tribunal questiona falta de transparência no processo e modelo escolhido
Aeroporto de Guarulhos/Divulgação

O TCU (Tribunal de Contas da União) suspendeu a construção da ligação entre a CPTM e o aeroporto de Cumbica, em Guarulhos (SP).

O projeto, assinado na semana passada entre o Ministério da Infraestrutura e a GRU Airport, previa o começo da obra em janeiro e a conclusão após dois anos. 

A decisão do TCU alega falta de transparência no processo, que ocorreu de maneira muito rápida após a comunicação ao tribunal.

Além disso, o relatório questiona o modelo de transporte escolhido e o custo total do empreendimento, que poderia chegar a R$ 360 milhões - mais de 50% acima dos cálculos apresentados.

O chamado “people mover”, um tipo de monotrilho, fará a ligação entre a Linha 13-Jade da CPTM e os três terminais de Cumbica.

O TCU deu 15 dias para o Ministério da Infraestrutura responder aos questionamentos.

Por meio de nota, a pasta respondeu à Rádio Bandeirantes que vai colaborar os órgãos de controle e prestar os esclarecimentos, e que o projeto atende uma necessidade dos passageiros do aeroporto de Cumbica.

  • Guarulhos
  • aeroporto
  • CPTM