Notícias

Veja imagens do assalto em Araçatuba; refém é amarrado sobre carro

"Novo Cangaço": Vídeos registrados por moradores nas redes sociais impressionam; criminosos espalharam explodivos pela cidade

Da Redação 30/08/2021 • 12:05 - Atualizado em 30/08/2021 • 18:25

A cidade de Araçatuba (SP), no Noroeste do estado de São Paulo, foi alvo de um pesado ataque na madrugada desta segunda-feira (30), em uma ação característica do chamado “Novo Cangaço”.

A partir das 23h50 de domingo (29), dezenas de criminosos ocuparam regiões do município de Araçatuba com explosivos e armas de grosso calibre, como fuzis e metralhadoras. Nas horas seguintes, roubadas três agências bancárias.

A investigação aponta que dez carros e um drone foram usados pela quadrilha na ação. O grupo conseguiu fugir com uma quantia em dinheiro, mas ainda não se sabe quanto.

Com a intenção de isolar a cidade, os infratores incendiaram veículos nas pontes do Rio Tietê, em Buritama, e Santo Antônio do Aracanguá. Também incendiaram veículos próximo ao trevo de Guararapes e na praça de pedágio em Glicério, bem como dois veículos no centro de Araçatuba.

Durante a fuga, os veículos utilizados na ação foram deixados para trás com farta munição e armas de grosso calibre, entre elas fuzis calibre .50 e 7.62 mm, além de “miguelitos”, que são artefatos de metal utilizados para furar pneus de veículos.

O prefeito de Araçatuba, Dilador Borges (PPS), disse acreditar que os fugitivos foram encurralados em regiões de plantação de cana nos limites do município.

“Informação privilegiada. Alguém passou essa informação para a marginalidade. Também fomos pegos de surpresa em Botucatu e Ourinhos. Havia grande volume financeiro e a polícia não sabia. A ideia agora é conversar muito com a área federal, principalmente Banco Central e Banco do Brasil, para que evitem esses volumem, ou avisem a polícia de São Paulo”

Video: "A quadrilha tinha informações privilegiadas"