Notícias

Viajante com suspeita de variante ômicron em SP deve ter diagnóstico até dia 1º

Passageiro fez teste no fim de semana, após viajar da África do Sul e desembarcar no aeroporto de Guarulhos

Da Redação, com Rádio Bandeirantes 29/11/2021 • 11:45 - Atualizado em 29/11/2021 • 12:13

A informação foi divulgada nesta segunda-feira (29) pelo prefeito de Guarulhos, Guti (PSD), em entrevista ao programa Manhã Bandeirantes, apresentado por José Luiz Datena na Rádio Bandeirantes.

Segundo Guti, o passageiro é natural da cidade e viajava da África do Sul para o Brasil. Ao chegar no aeroporto de Guarulhos, fez um teste que confirmou o contágio pelo Sars-Cov-2. A confirmação da variante só deve sair nos próximos dias.

“O passageiro chegou no sábado (27), já tinha feito o teste na África do Sul. Quando ele chegou aqui, fez por livre e espontânea vontade o teste”, disse o chefe do Executivo guarulhense.

“No teste da África do Sul não tinha apontado nada. No teste aqui do Brasil, apontou que ele estava com o coronavírus. Ainda não temos o prazo de quatro, cinco dias da Fiocruz, que estão avaliando, para dar o resultado de fato se tem essa variante ou não dentro da infecção. Ele está na casa dele. É um morador de Guarulhos, já foi direto para a casa dele. Não temos a notícia de superexposição dele”, completou.

A partir desta segunda-feira (29), o Brasil fecha fronteiras aéreas com a África do Sul, onde a variante foi originalmente descoberta. Voos e passageiros oriundos de Botsuana, Eswatini, Lesoto, Namíbia e Zimbábue também estão temporariamente proibidos.

Segundo o prefeito, três voos diretos da África chegam semanalmente ao País, só pelo aeroporto Internacional de Guarulhos, além dos voos de escala. Guti informou que não há nenhum outro caso relatado “que possa ter essa variante com suspeita”, e que o caso relatado está sob análise.

“A informação que a gente tem é que ele foi direto para a casa dele. A estimativa que o Instituto Adolfo Lutz deu foi de cinco dias após a coleta do exame. A gente acredita que, na quarta-feira, possamos ter o resultado. Isso se eles não conseguirem antecipar”, explicou.

Carnaval e aniversário

A descoberta de uma nova variante do Sars-Cov-2 vai impactar a programação de 2022 em diversas cidades brasileiras. Segundo Guti, “a chance é muito pequena de ter carnaval em Guarulhos”.

O prefeito da cidade reforçou que, por causa da nova variante, é preciso ter cautela. A Prefeitura ainda não bateu o martelo, mas essa é a “tendência”, segundo ele.

A festa de aniversário de Guarulhos, em 8 de dezembro, já sofreu alterações e não terá mais shows.