Futebol

Cinco dias, quatro reviravoltas e dois clubes: a cronologia da novela Dudu

Meia gerou caos no Palmeiras ao fechar contrato com o Cruzeiro e desistir após o anúncio

Da Redação, com informações de Gustavo Soler

Dudu segue como jogador do Palmeiras. Entre quinta-feira (13) e terça-feira (17), o jogador, Palmeiras e Cruzeiro viveram cinco dias de anúncios chocantes, reviravoltas e declarações fortes.

Confira:  

Quinta-feira, 13 de junho  

Sexta-feira, 14 de junho  

  • Em suas redes sociais, Dudu publica um agradecimento à torcida do Palmeiras:
  • “Quando o estádio gritou meu nome, fiquei arrepiado, muito feliz e até um pouco emocionado por causa de todo amor e carinho que vocês, torcedores, têm por mim. Farei de tudo para continuar retribuindo esse lindo apoio dentro de campo, como sempre fiz durante todos esses anos aqui no clube”, escreveu.

Sábado, 15 de junho

  • A primeira reviravolta: O Cruzeiro publica em suas redes sociais a contratação do ídolo palmeirense. “O bom filho à casa torna”, diz a mensagem, lembrando que o jogador foi revelado na Toca da Raposa.
  • A informação é confirmada ao repórter da Rádio Bandeirantes Gustavo Soler pelo diretor de futebol do Cruzeiro, Alexandre Mattos.
  • O Cruzeiro pagaria 4 milhões de dólares (R$ 21,5 milhões) ao Palmeiras para contratar o atacante de 32 anos. O contrato teria validade de quatro anos, com possibilidade de renovação por mais um ano.
  • Um dos motivos pelo desejo de “troca de ares” seria a relação ruim do camisa 7 com o técnico Abel Ferreira.  
  • A segunda reviravolta: membros da torcida organizada Mancha Alviverde, amigos pessoais do jogador, vão até a casa de Dudu para conversar com ele. Ele afirma que não vai assinar o contrato com o Cruzeiro e seguirá no Palmeiras.

Domingo, 16 de junho

Segunda-feira, 17 de junho

  • A terceira reviravolta: Apesar do recuo de Dudu, Leila Pereira, presidente do Palmeiras, diz em entrevista para o canal “Sportv” que vê o jogador em “fim de ciclo no clube”
  • "Ele tem um compromisso e eu espero que ele honre com o compromisso que ele firmou com o Palmeiras e com Cruzeiro […]. Pelo Palmeiras, o Dudu está vendido", reforçou Leia.
  • A quarta reviravolta: Apesar das falas de Leila, Dudu se manifesta pela primeira vez desde o anúncio do negócio. Ele afirma que segue no Palmeiras.
  • “Realmente, recebi uma proposta muito boa e fiquei balançado. Talvez, eu nunca mais receba uma oportunidade como essa. Tenho 32 anos e me ofereceram 4 anos de contrato. O Cruzeiro é um clube que tenho um enorme carinho e agradeço, demais, pelo reconhecimento, mas sinto que, neste momento, ainda não é a hora de sair e de encerrar o meu ciclo no Palmeiras. Sinto que posso seguir construindo a minha história aqui. Foram dias muito tristes e difíceis. Sofri duras críticas, mas eu sei o que está no meu coração e o quanto respeito essa instituição”, escreveu o meia.
  • O Cruzeiro anuncia que retirou a proposta pelo jogador. “O Cruzeiro encara este assunto como encerrado, pois tem a obrigação de contar em seu elenco com atletas de palavra, compromissados, leais e que VERDADEIRAMENTE queiram estar no Cruzeiro”, disse o clube mineiro.
  • Em coletiva após a vitória contra o Atlético-MG, o técnico Abel Ferreira negou que tenha uma relação ruim com Dudu.
  • “Eu vou dizer coisas que não devia, mas é para ficar bem claro. Eu só fui à casa de um jogador a churrasco. De um, e foi o Dudu. Eu tenho uma ótima relação com o Dudu, como tenho com todos os jogadores. O que peço a ele é o mesmo que a todos os outros”, afirmou o português.
  • Abel também deu a entender que não vai encostar o jogador depois da polêmica: “Ele tem contrato até 2025 e meu desejo é que rapidamente ele possa fazer gols, dar assistências, atacar, defender. É tudo o que esperamos de um jogador como ele”.

Os números de Dudu pelo Palmeiras

O motivo de cinco dias tão intensos dentro do CT da Barra Funda são os 3441antes da polêmica.  

Desde o dia 11 de janeiro de 2015, quando o Palmeiras anunciou a contratação de Dudu, são 443 jogos, 88 gols, 102 assistências e 12 títulos conquistados.  

O camisa 7 é o jogador com mais vitórias na história do Palmeiras em Campeonato Brasileiro, com 126 triunfos e quatro títulos conquistados.

No Allianz Parque, Dudu soma 197 jogos, 139 vitórias, 40 gols e 50 assistências, sendo o jogador com mais partidas, mais triunfos, mais passes para gols e o segundo maior artilheiro do novo estádio palmeirense, atrás apenas de Raphael Veiga, que fez 47 gols.

Tópicos relacionados

Mais notícias

Carregar mais