Companhias de cruzeiros decidem estender a suspensão das operações no Brasil

Da redação 14/01/2022 • 10:14 - Atualizado em 14/01/2022 • 10:35
Companhias de cruzeiros decidem estender a suspensão das operações no Brasil
Companhias de cruzeiros decidem estender a suspensão das operações no Brasil
Divulgação

As companhias de cruzeiros decidem estender a suspensão das operações no Brasil até 4 de fevereiro.

A decisão, segundo a Associação Brasileira de Navios de Cruzeiros, tem como objetivo dar continuidade às discussões sobre o controle da pandemia.

Nesta quarta-feira, a Anvisa recomendou ao governo federal a suspensão definitiva da temporada de cruzeiros no país.

A sugestão, feita ao Ministério da Saúde e à Casa Civil da Presidência da República, visa evitar novas contaminações pelo coronavírus.

A CLIA afirma que os protocolos dos navios permanecem eficazes para reduzir o risco de Covid-19.

Segundo a Associação, no Brasil, é exigido que todos os hóspedes estejam com o esquema vacinal completo e apresentem testes negativos antes do embarque.

A testagem contínua a bordo, o uso de máscaras, o distanciamento social e a menor ocupação dos navios também são métodos preventivos contra a doença.

A temporada atual, que começou em novembro de 2021, tinha previsão de movimentar mais de 360 mil turistas.

A expectativa do setor também era arrecadar um bilhão e 700 mil reais, além de gerar 24 mil empregos.

  • cruzeiros
  • Brasil
  • covid-19
  • pandemia