Moro e Doria devem se reunir essa semana e firmar aliança

Da redação 06/12/2021 • 08:50
Moro e Doria devem se reunir essa semana e firmar aliança
Moro e Doria devem se reunir essa semana e firmar aliança
Gabriela Biló/Estadão Conteúdo

Nas articulações para a corrida eleitoral do ano que vem, João Doria e Sergio Moro devem se reunir nesta semana.

Entre os assuntos do encontro, está o desejo do governador paulista, do PSDB, em ter o ex-juiz, filiado ao Podemos, como vice na chapa presidencial.

Neste fim de semana, em viagem oficial aos Estados Unidos, Joao Doria afirmou que é preciso estreitar a chamada terceira via.

Interlocutores de Sergio Moro afirmam, no entanto, que ele não pensa em desistir da candidatura, ainda mais depois de subir nas pesquisas recentes.

O objetivo do Podemos é tornar o nome do ex-juiz cada vez mais conhecido dentro da política, já que nunca disputou uma eleição.

No sábado, por exemplo, Sergio Moro viajou ao Rio Grande do Sul para se encontrar com o governador Eduardo Leite, derrotado nas prévias do PSDB.

Os 2 defenderam o combate às desigualdades e à corrupção, e conversaram sobre a retomada econômica.

Já o ex-presidente Lula, mesmo sem confirmar a candidatura para 2022, segue na busca de um vice; o petista espera uma aliança com Geraldo Alckmin.

O ex-governador de São Paulo, de saída do PSDB, deve migrar para o PSB.

Durante uma sessão especial do filme nacional "Marighella", Lula amenizou o embate religioso e fez um aceno aos evangélicos.

Ciro Gomes, do PDT, segue atuante nas redes sociais com uma série sobre os problemas que envolvem a Petrobras.

O presidente Jair Bolsonaro aproveitou o fim de semana pra passear de moto em Brasília, passou em alguns mercados populares e conversou com apoiadores.

Bolsonaro segue em conversa com o presidente do PL, Valdemar Costa Neto, pra encontrar um nome para ser vice dele na tentativa de reeleição.