MP de São Paulo busca soluções para combater os crimes cometidos por meio de sites de vendas

Daniel Batista, da redação 28/10/2021 • 09:07 - Atualizado em 28/10/2021 • 13:01
MP de São Paulo busca soluções para combater os crimes cometidos por meio de sites de vendas
MP de São Paulo busca soluções para combater os crimes cometidos por meio de sites de vendas
Mika Baumeister/Unsplash

O Ministério Público de São Paulo trabalha para intensificar o combate a crimes cometidos por meio de sites de vendas.

Procurador-geral de Justiça do Estado, Mário Sarrubo ressalta que uma das ações é o reforço da estrutura do "Cyber Gaeco".

O grupo de promotores tem entre as atribuições atuar contra bandidos que usam plataformas de comércio para aplicar golpes.

Em outra frente, a Agência Nacional de Telecomunicações vem fiscalizando grandes centros de distribuição para apreender produtos eletrônicos sem certificação.

Segundo Mário Sarrubo, o Ministério Público de São Paulo espera o envio de informações pela Anatel para aprofundar as investigações.  

Para o procurador-geral de Justiça do Estado, os grandes sites de comércio virtual precisam ter mais cuidado com o cadastramento dos usuários. 

Mário Sarrubo apresentou ao Congresso um projeto que responsabiliza os bancos por crimes envolvendo contas abertas com documentos falsos.

  • mercado livre
  • crime cibernético
  • internet
  • golpes
  • são paulo