Esporte

Palmeiras fica perto de selar venda de Luis Guilherme ao West Ham

Com metas, negociação do meia-atacante de 18 anos pode render até R$ 171 milhões aos cofres do clube alviverde

Por Gustavo Soler

Palmeiras fica perto de selar venda de Luis Guilherme ao West Ham
Cesar Greco/Palmeiras

Palmeiras e West Ham trocaram os documentos da venda do meia-atacante Luis Guilherme ao clube inglês. O departamento jurídico do clube está fazendo a análise final e a presidente Leila Pereira deve assinar nos próximos dias a negociação dos direitos econômicos da revelação de 18 anos. 

A negociação gira em torno de 23 milhões de euros fixos e mais 7 milhões de euros em metas contratuais - cerca de R$ 171 milhões, no total. O Palmeiras ainda terá direito a 20% do valor de uma próxima venda do atleta.

Luis Guilherme já deve se despedir do clube nos próximos dias. O último jogo dele deve ser o Dérbi contra o Corinthians, no dia 29 de junho. A abertura da janela europeia para transferência de atletas será no dia 1º de julho.

Luís Guilherme tem 45 jogos no profissional do Palmeiras, tendo marcado apenas uma vez, com uma assistência. No período, o meia-atacante conquistou um Campeonato Brasileiro e um Paulista, ambos em 2023. O jovem, que subiu no ano passado ao profissional, também foi campeão em todas as divisões de base do Palmeiras, desde o sub-11 até o sub-20.

"Geração do Bilhão"

Conhecida como a ‘Geração de R$ 1 Bilhão’ nas categorias de base, o Palmeiras está próximo fechar as vendas do trio Endrick, Estêvão e Luis Guilherme.

Endrick atingiu muitas metas e, neste momento, o valor da transferência dele é de 46,25 milhões de euros (cerca de R$ 260 milhões). Esses números podem aumentar a partir do dia 8 de junho, caso Endrick seja titular em qualquer partida da Seleção Brasileira. Com isso, ele atinge mais uma meta contratual e o Real Madrid pagará ao Palmeiras 1,25 milhão de euros. Endrick ainda pode somar outros 12,5 milhões de euros em metas quando chegar ao clube espanhol para totalizar 60 milhões de euros em toda a operação desta venda.

O Palmeiras tem direito a 70% (cerca de 180 milhões até agora), enquanto o staff do jogador fica com 30%.

Estêvão está próximo de assinar contrato com o Chelsea, da Inglaterra. Os ingleses vão pagar 65 milhões de euros no garoto que completou 17 anos em abril.

Desse montante, 45 milhões de euros são fixos e outros 20 milhões de euros em metas contratuais. Estêvão ficará no Palmeiras até o final do Mundial de Clubes de 2025.

Com Luis Guilherme próximo de assinar contrato com o West Ham, o Palmeiras chegará a um valor próximo de R$ 900 milhões apenas com a venda desses três atletas formados em suas categorias de base.

Mais notícias

Carregar mais