Queda do PIB no 2°trimestre consecutivo causa recessão técnica no Brasil

Gleice Prado, da redação 03/12/2021 • 08:12
Queda do PIB no 2°trimestre consecutivo causa recessão técnica no Brasil
Queda do PIB no 2°trimestre consecutivo causa recessão técnica no Brasil
Divulgação

A falta de chuvas em algumas regiões e geadas em outras são apontadas pelo governo como vilãs da queda na produção agrícola.

De julho a setembro deste ano, um dos principais motores da economia brasileira, o agronegócio encolheu 8%.

O desempenho derrubou o Produto Interno Bruto no trimestre, que fechou em 0,1% negativo.

As maiores perdas ocorreram em safras importantes, como café, algodão, milho e laranja, explica coordenadora de Contas Nacionais do IBGE, Rebeca Palis.

Setor que mais gera empregos no Brasil, o de serviços segurou o resultado do PIB no terceiro trimestre com uma alta de 1,1%.

Em entrevista à Rádio Bandeirantes, Rebeca Palis destacou que sem a renda gerada pelo segmento, o tombo teria sido muito maior.

A indústria ficou estagnada, mas deixou otimistas os representantes da indústria do aço, que é vista como termômetro; o empresário Eduardo Faraco é um termômetro.

O ministro da Economia, Paulo Guedes, minimizou o resultado do PIB no trimestre e destacou que o Brasil está decolando de novo.

A queda do PIB no terceiro trimestre foi a segunda seguida, o que caracteriza uma recessão técnica da economia brasileira.

  • economia
  • recessão
  • PIB
  • Brasil
  • inflação