Casares repudia declarações de Textor e diz que São Paulo irá ao STJD

Em relatório, dono da SAF do Botafogo diz que jogadores do Tricolor estariam envolvidos em manipulação de resultados

Por Paulo do Valle

Presidente do São Paulo, Julio Casares se pronunciou sobre as acuções de John Textor, dono da SAF do Botafogo. O empresário americano publicou em seu site oficial um relatório que diz que jogadores do Tricolor estariam envolvidos em manipulação de resultados no Campeonato Brasileiro do ano passado.

Casares repudiou a acusação de Textor e disse que o São Paulo irá tomar medidas jurídicas.

“O São Paulo está tomando medidas práticas e objetivas junto ao STJD, junto a esfera cível e criminal. Se ele afirma ter ocorrido irregularidades, que prove e mostre documentos. Mas que não fale abertamente atingindo milhões de torcedores, atletas e uma instituição. O São Paulo quer esclarecimentos", disse o presidente do São Paulo.

Textor aponta a goleada sofrida pelo São Paulo para o Palmeiras, por 5 a 0, como um jogo que teria sido manipulado por atletas.

O relatório divulgado pelo site do dirigente, no entanto, não apresenta nenhuma prova, apenas análises de especialistas e até de inteligência artificial de que alguns jogadores teriam tido atitudes em campo que levam à conclusão de manipulação.

Tópicos relacionados