SP: Passaporte da vacina não será exigido para retorno das crianças nas escolas

Da Redação 22/01/2022 • 13:23
Comprovante de vacinação infantil
Comprovante de vacinação infantil
Governo SP

Comprovante de vacinação contra Covid-19 por enquanto não será exigido para retorno das crianças nas escolas municipais de São Paulo.

Segundo o secretário de Educação, Fernando Padula, o início do ano letivo na capital está mantido para 7 de fevereiro, com uso obrigatório de máscara. 

Toda a rede municipal vai disponibilizar máscaras descartáveis aos alunos. 

Já os 82 mil profissionais da Educação vão receber máscara do tipo FFP2, que garante maior proteção. 

Ao longo do ano, os professores devem intensificar os trabalhos contra a evasão escolar, potencializada pela pandemia. 

Fernando Padula explica que uma das estratégias inclui visitas presenciais aos faltosos. 

Sobre uniforme e material, a Prefeitura de São Paulo vai manter o envio de um cartão para que os próprios pais façam as compras. 

Em relação aos tablets, o secretário garante que todos os equipamentos já estão em posse dos alunos. 

Cerca de 108 mil estudantes tiveram problemas de acesso à internet porque viviam em regiões sem antena.

 Fernando Padula diz que essa situação está sendo resolvida, e acrescentou que as aulas digitais vieram para ficar.