Notícias

STF nega pedidos de afastamento de Moraes dos inquéritos sobre ataques do 8/1

Da Redação

STF nega pedidos de afastamento de Moraes dos inquéritos sobre ataques do 8/1
Rosinei Coutinho/STF

O presidente do STF nega 192 pedidos de afastamento do ministro Alexandre de Moraes das relatorias sobre os atos de 8 de janeiro.

Luís Roberto Barroso afirmou que o Supremo entende que as solicitações de suspeição e impedimento são excepcionais.

De acordo com a decisão, os pedidos devem se basear em situações que comprometam a parcialidade do magistrado, e não em alegações genéricas.

Desde dezembro, as defesas de réus condenados pelos ataques às sedes dos Três Poderes acionaram o STF alegando suspeição de Moraes para julgar os casos.

Um dos pedidos foi feito pelos advogados de Jair Bolsonaro.

Segundo a defesa do ex-presidente, o ministro disse que seria vítima de um suposto plano golpista e, por isso, não poderia analisar os fatos de maneira isenta.

Ontem, o Supremo condenou mais 15 réus acusados de envolvimento nos atos golpistas de 8 de janeiro de 2023.

A maioria dos denunciados foi considerada culpada pelos crimes de associação criminosa armada e tentativa de golpe de Estado.

Com as novas sentenças, o total de réus condenados chega a 86 com penas que variam entre 3 e 17 anos.

Mais notícias

Carregar mais