Rádio Bandeirantes

Votação sobre IA no Senado ficará para depois do recesso parlamentar

Relator do texto, senador Eduardo Gomes (PL-TO), vê adiamento como "natural" por se tratar de um assunto complexo que precisa ser debatido amplamente

Da redação

Votação sobre IA no Senado ficará para depois do recesso parlamentar
Lula Marques/Agência Brasil

A proposta de regulamentação do uso da inteligência artificial só deve voltar a ser discutida após o recesso parlamentar, que vai de 18 a 31 de julho.

O texto está na Comissão Temporária sobre Inteligência Artificial do Senado e já teve a análise adiada diversas vezes. Neste terça-feira (9), o tema voltou a ser postergado.

Em entrevista ao Jornal Gente, da Rádio Bandeirantes, o senador Eduardo Gomes (PL-TO) defendeu que o projeto seja avaliado com calma.

O parlamentar é o relator da proposta na comissão e disse que a legislação tem que ser amplamente debatida.  

"Um adiamento natural porque se trata de um assunto muito complexo. Temos discutido inteligência artificial no Congresso há dois aos. Pela primeira vez chegamos com trabalho já aprovado em duas comissões, centenas de audiências públicas e, mesmo assim, na hora da apresentação do relatório surgiram dúvidas e alguns ajustes são necessários", disse o relator.

Um dos pontos mais discutidos do projeto trata sobre direitos autorais. 

O senador também é relator do projeto que trata da regulação da comercialização e do uso de cigarros eletrônicos.

A análise do texto estava prevista para esta terça na Comissão de Assuntos Econômicos do Senado, mas também foi adiada. 

Ele defendeu a regulação. As discussões sobre este tema também ficarão para depois do recesso parlamentar.

Tópicos relacionados

Mais notícias

Carregar mais