Band Rio

Black Friday tem adesão de 62% dos lojistas do Brasil

Em meio a maratona de promoções, o Procon aumenta o monitoramento de preços

Caroline Nunes (sob supervisão) 26/11/2021 • 20:17
Black Friday movimenta lojas
Black Friday movimenta lojas
André Fernandes

A sexta-feira mais aguardada pelo comércio e pelo consumidor chegou com a promessa de superar a Black Friday do ano passado. A aposta na data é grande por parte dos lojistas, cerca de 62% dos 1,2 mil membros da Associação Brasileira de Lojistas de Shopping aderiram aos descontos. Em meio a corrida por menores preços o risco de golpe aumenta, por isso o Procon aumentou a fiscalização de sites e lançou uma cartilha de dicas.

A busca dos clientes pela data se explica pelos descontos que são maiores do que os de uma liquidação comum.

“É uma data muito importante para o consumidor e grandes empresas, estimulando a economia, criando emprego e a oportunidade de fazer bons negócios” avalia o presidente do Procon, Cássio Coelho

Durante a Black Friday tem quem prefira ir às lojas físicas. A maioria quer tentar pechinchar um desconto maior, com direito a parcela sem juros.

“A procura aqui na loja física tem sido grande. O cliente quer ver o produto, ele quer a opinião do vendedor pra buscar a melhor opção de compra”, conta Adriana Ramos, gerente de uma loja de shopping.

Para quem prefere aproveitar a Black Friday sem sair do conforto de casa, os sites e aplicativos de lojas são um grande aliado, neles o que conta para o consumidor é baixo valor do frete. A expectativa para o dia de hoje foi de que 80% das compras online tenham frete grátis.

Em meio a promoções e descontos é preciso ter cuidado com os golpes. Uma pesquisa feita por uma empresa especializada em soluções antifraude aponta um crescimento de mais de 50%.

“Antes de comprar é recomendável que o consumidor pesquise os preços dos produtos em sites e lojas diferentes. A pesquisa será um parâmetro para saber se os preços estão realmente promocionais. Além disso, o mesmo produto poder ter preços diferentes em estabelecimentos diversos”, aconselha o presidente do Procon.

Pensando nisso, o Procon realiza ao longo do dia uma operação para monitorar os preços e orientar os consumidores. Durante esta sexta-feira (26), um plantão foi montado para melhor atender às denúncias. Além disso, para alertar a população, o órgão preparou uma cartilha com dicas para os consumidores.