Band Rio

Cristo Redentor completa 90 anos; relembre história do monumento

Evento acontece nesse momento para celebrar a trajetória desse ponto turístico nacional

Rafaella Balieiro (sob supervisão de Natashi Franco) 12/10/2021 • 07:00 - Atualizado em 12/10/2021 • 08:02
O monumento tem 38 metros de altura, o equivalente a um prédio de 13 andares
O monumento tem 38 metros de altura, o equivalente a um prédio de 13 andares
Reprodução/ Agência Brasil

Eleito em 2007 uma das sete maravilhas do mundo moderno, o Cristo Redentor completa 90 anos. Já são nove décadas de braços abertos sobre a cidade maravilhosa, sendo um dos principais pontos turísticos do Brasil e do mundo. Um evento de comemoração do aniversário acontece hoje no santuário. Entre as atrações, a Esquadrilha da Fumaça vai preencher o céu carioca com acrobacias.

Uma moeda em comemoração à data também será lançada, além do Bloco Postal especial do monumento do Cristo. Entre as novidades do evento está a Festa Sustentável, que segue os 17 objetivos sustentáveis promovidos pela Organização das Nações Unidas. Serviços e ações sociais estarão disponíveis para quem comparecer à comemoração entre os dias 12 e 16 desse mês. A população em situação de rua no Rio também pode ter acesso a esses serviços.

"Queremos ser extensão dos braços do Cristo Redentor que acolhe a todos sem distinção. Ao longo dos seus quase 90 anos, o Cristo Redentor sempre se destacou no cenário nacional e internacional como porta de entrada do turismo brasileiro, maior monumento em art déco do mundo e Santuário católico, um local sagrado que recebe peregrinos do mundo inteiro. É o símbolo nacional de Fé e Esperança", comentou o reitor do santuário, Padre Omar.

COMO TUDO COMEÇOU, ENTENDA:

A história do Corcovado começou bem antes da inauguração do Cristo Redentor. Já com a chegada dos portugueses no Brasil, o monte foi nomeado como "Pináculo da Tentação", até ser batizado, dois séculos depois, pelo nome de hoje: "Corcovado", que em latim significa "Coração, para onde vou?"

Para a comemoração do centenário da independência do Brasil, os planos de construção de um monumento no monte foram retomados. Antes disso, um projeto tinha sido pensado no Corcovado para homenagear a Princesa Isabel pela abolição da escravatura, mas a própria integrante da realeza recusou o monumento.

Com revestimento em pedra-sabão, a estrutura do Cristo remonta à "Art-déco", estilo artístico-cultural que despontou na França no início do século passado. São vários triângulos que compõem cada parte do Cristo Redentor. O uso de formas geométricas está entre os preceitos desse estilo artístico.

Foi justamente com esse conceito em alta que o escultor francês Paul Landowski foi contratado por um dos idealizadores do projeto, Heitor da Silva Costa, para tirar a ideia do papel. Com muita mão de obra e peças vindas da França - como a cabeça e as mãos da escultura - o Cristo Redentor pode ser montando em 1931.

A data escolhida não foi à toa: 12 de outubro, dia em que se comemora Nossa Senhora de Aparecida, conhecida popularmente como a Padroeira do Brasil. De lá para cá, o monumento com 38 metros de altura já recebeu centenas de milhares de turistas dos mais variados cantos do mundo. Só em 2019, o número chegou perto dos 2 milhões.

A estrutura do Cristo Redentor e o pedestal têm tamanho suficiente para representar um prédio de 13 andares. A parte interna do monumento, diferente do que muitos pensam, não é maciça. A estrutura oca cheia de escadas já permitiu que turistas privilegiados conhecessem o monumento sob outra perspectiva: o interior.

  • Brasil
  • Dia de Nossa Senhora Aparecida 2021