Band Rio

Operação Verão na Prainha e em Grumari começou ontem

A ação da Prefeitura do Rio visa, nos dias de operação, controlar o acesso às praias e aos parques conforme a lotação dos estacionamentos.

Felipe de Moura (sob supervisão de Natashi Franco) 21/01/2022 • 18:34
Cancelas serão fechadas quando a todas as vagas estiverem ocupadas
Cancelas serão fechadas quando a todas as vagas estiverem ocupadas
Divulgação/ Secretaria do Meio Ambiente do Rio

A partir desta sexta-feira (21), começa a valer a Operação Verão Prainha-Grumari. O objetivo da iniciativa é controlar o acesso aos parques e praias da região nos sábados, domingos e feriados, durante o verão.

“Eu acho bom, (sobre o controle de carros) quando fui surfar em Grumari, há umas 2 semanas, demorei 1 hora para sair de lá. E a Prainha é pequena, então fica um caos ali”, comentou o estudante Daniel Pastori, morador da região.

O controle será feito pela lotação dos estacionamentos. Caso as 800 vagas —600 em Grumari e 200 na Prainha —  estejam ocupadas, as cancelas na Avenida Estado da Guanabara e Estrada do Grumari serão fechadas e os carros impedidos de entrarem no local.

A ação é da Prefeitura do Rio, por meio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (SMAC), da CET-Rio, da Guarda Municipal e da Subprefeitura da Barra.

“Temos constatado um aumento no fluxo de visitantes nesta região, por isso, reforçamos esta operação e o controle de acesso, para melhorar a qualidade e a experiência de quem visita esses parques naturais e garantir a preservação", disse o secretário municipal de Meio Ambiente, Eduardo Cavaliere.

“Eu já vivi vários absurdos na Prainha e em Grumari. Já vi carro descendo pois estacionaram no meio da estrada, enfim, tem que ter controle”, falou João de Carvalho, fotógrafo e frequentador das praias.

De acordo com a SMAC, a região conta com registros de quase 270 espécies de aves e expressiva presença de espécies endêmicas da Mata Atlântica (que só ocorrem naquele local) ou ameaçadas de extinção.