Band Rio

Projeto “Cidade Integrada” é lançado oficialmente no Rio

Projeto só deve seguir para outras comunidades depois de resultados positivos na fase inicial

Beatriz Duncan 22/01/2022 • 14:11 - Atualizado em 22/01/2022 • 16:58
Governador Claudio Castro lançou o projeto neste sábado (22)
Governador Claudio Castro lançou o projeto neste sábado (22)
Divulgação/Governo do Estado

Foi apresentado oficialmente neste sábado (22), o programa Cidade Integrada que promete levar ações sociais, desenvolvimento econômico, infraestrutura e segurança para comunidades do Rio de Janeiro. As primeiras regiões beneficiadas são Jacarezinho, na Zona Norte, e Muzema, na Zona Oeste. A ocupação começou, na prática, na madrugada da última terça (19).

A escolha inicial aconteceu por conta do histórico de criminalidade e irregularidade desses locais. O projeto deve se expandir futuramente para outras comunidades da cidade caso funcione nessa fase inicial. Mais de 1.200 homens deram início à operação nesta semana. Motos roubadas, material para drogas e drogas foram apreendidas.

Ao mesmo tempo que iniciativa prevê a segurança pública dessas regiões, obras para melhorias já estão previstas. Um mercado produtor, uma unidade de saúde e um batalhão da Polícia Militar vão ser construídos ao lado do Jacarezinho. 

“A ideia é que agora seja um batalhão que não atenda só a comunidade, mas que atenda o bairro inteiro”, relata o governador do Rio, Claudio Castro. O investimento para essas construções e instalação de equipamentos seria de cerca de R$18 milhões.

Na Muzema, estão planejadas uma unidade de saúde e uma escola.

Programas sociais também estão encaminhados. O Desenvolve Mulher oferece cursos profissionalizantes para mulheres como forma de incentivo à autonomia. R$300 de auxílio também vão ser distribuídos para aquelas que comparecerem em, pelo menos, 75% das atividades do projeto. Já o De Bem Com a Vida trás um atendimento a idosos em espaços com entretenimento, inclusão digital, além de cuidados com a saúde e assistência jurídica.