PUBLICIDADE:

Sabado, 7 de abril de 2012 - 01h38      

Todo o rock do mundo e muito mais, num só lugar

da redação

programacao@band.com.br

Na galeria mais democrática da cidade

 

Um dos lugares mais emblemáticos da cidade de São Paulo é a Galeria do Rock, um conglomerado de quase 450 estabelecimentos comerciais segmentados por diversos estilos, tanto de perfil de público como de tipos de serviços. Ao longo do tempo a galeria assumiu um papel de centro disseminador de tendências. Querida pelos jovens e por fiéis frequentadores de várias gerações a galeria reúne arte, música e atitude, democraticamente. Do heavy ao pop, do brega ao trendy, o que se encontra em seus corredores é uma atmosfera onde se respira vanguarda.

O prédio foi aberto em 1963, com o nome de Shopping Center Grandes Galerias. No final dos anos 70 começou a “invasão” de lojas de disco comandada pela lendária Baratos Afins, a primeira que se instalou por ali. Outras chegaram e um dia ela ganhou o apelido de Galeria do Rock.

 

 Suas lojas vendem cds, dvds,  discos, vídeos, camisetas, acessórios, bandeiras, pôsteres e itens de decoração. Há também estúdios de piercing e tatuagem e sedes de fã-clubes. Tem ainda lojas de roupas, estabelecimentos de serigrafia, salões de cabeleireiros, oculistas, alfaiates, etc.

 

A Galeria é um ponto turístico e uma referência para os amantes de rock. Personalidades como Bruce Dickinson (vocalista do Iron Maiden) e Kurt Cobain (ex-vocalista do Nirvana) e bandas como Dream Theater, Paradise Lost e Sepultura já passaram por lá para tardes de autógrafos ou apenas para dar uma volta pelos corredores. Há um movimento em curso para icluir o local no Guiness Book, como a maior concentração de estabelecimentos dedicados ao rock.

 

Superando altos e baixos a vocação ficou e hoje ela não é só reduto dos roqueiros. As diferentes tribos encontram na galeria o que procuram  seja rock ou rap, hip hop, funk, MPB, hardcore, punk, blues e jazz, inclusive os mais raros, camisas com estampas de bandas ecléticas, aparelhos eletrônicos, peças de piercing, estúdios de tatuagem, lojas de acessórios em geral (brincos, pulseiras, máscaras, chaveiros, adesivos, perucas), conserto de máquinas fotográficas, gráficas e até mesmo lojas de skate, surf e de artigos femininos. Dez é o número de salões de cabeleireiros que fazem penteados afros atraindo atores, rappers e sambistas.

 

A Galeria do Rock está aberta de segunda a sexta, das 9h às 20h e aos sábados, das 9h às 17h. E tem duas entradas, claro: pela Rua 24 de Maio, 62 e pela Av. São João, 439.

 

ENVIE PARA UM AMIGO

Compartilhe:

Delicious

Yahoo My Web

Google Bookmark

Digg

Windows Live

Reddit

Stumbleupon

Twitter

A A

Tamanho do texto

PUBLICIDADE