Saúde

Nova variante da Covid é identificada em 51 países

A EG.5 ainda não foi identificada no Brasil

Da redação

EG.5 ainda não foi identificada no Brasil
EG.5 ainda não foi identificada no Brasil
Agência Brasil

A Organização Mundial de Saúde (OMS) emitiu comunicado sobre uma nova subvariante da cepa Ômicron da Covid-19, denominada EG.5. Considerada como variante de interesse, a EG.5, já foi identificada em 51 países, e possui mutações que conferem maior capacidade de transmissão.

Ainda de acordo com a OMS, a nova subvariante é capaz de aumentar o número de casos mundialmente e se tornar a cepa predominante, substituindo a XBB.1.16, atualmente predominante na maior parte dos países.

A OMS classificou a EG.5 como de baixo risco para a saúde pública em nível global uma vez que não apresentou mudanças no padrão de gravidade de doença.

A EG.5 ainda não foi identificada no Brasil, porém é possível que possa já estar circulando no país de forma silenciosa, devido ao baixo índice de coleta e análise genômica no Brasil.

A sociedade brasileira de infectologia, em nota, recomendou aumentar a coleta de testes diagnósticos e a vigilância genômica dos casos sintomáticos de covid-19 e manter o calendário vacinal para covid-19 atualizado com as doses de reforço recomendadas.

Tópicos relacionados