Vida e Estilo

Objetos antigos e desconhecidos em casa: Feng Shui explica como pode ser perigoso acumular itens

Victória Bravo, do Metro Jornal 10/01/2021 • 09:11
Objetos antigos e desconhecidos em casa: Feng Shui explica como pode ser perigoso acumular itens
Objetos antigos e desconhecidos em casa: Feng Shui explica como pode ser perigoso acumular itens
Reprodução/Pixabay

Você já deve ter ouvido falar em Feng Shui, antiga filosofia chinesa que analisa como as energias de um espaço habitado podem fluir da melhor forma.  Entre muitas práticas e dicas para ter mais equilíbrio nos espaços, a crença também alerta sobre alguns objetos que podem ser muito delicados de manter em casa.

De acordo com o portal Feng Shui Beginner, itens como antiguidades ou que vêm de fontes desconhecidas podem trazer um histórico complexo, afinal, ninguém sabe se em algum momento eles chegaram a ser enterrados em sepulturas, algo que deve ser evitado.

Para o Feng Shui, cemitérios são lugares de energias Yin, onde perda, tristeza e desolação circulam, assim como hospitais, funerárias, etc.

  • Feng Shui