Procurador que reclamou de salário está de licença

Leonardo Azeredo dos Santos que se referiu ao salário de R$ 24 mil como “miserê” está em licença médica. Diretor do Transparência Brasil, Manoel Galdino, comentou o caso.