Agro

Singapura aprova pré-listagem para importação de proteína animal do Brasil

Pré-listing para carnes bovina, suína, ovina e de frango deve aumentar o comércio internacional entre os dois países

Da Redação

Em 2022, o Brasil exportou ao país asiático aproximadamente US$ 600 milhões em carnes
Em 2022, o Brasil exportou ao país asiático aproximadamente US$ 600 milhões em carnes
Mapa
Topo

O governo brasileiro anunciou que a agência de controle sanitário de Singapura autorizou o Brasil ser enquadrado na categoria de pré-listagem para exportação de carne bovina, suína, ovina e de frango e de seus produtos processados. A aprovação do processo de pré-listagem, por meio do qual o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) passa a ser o responsável por habilitar os frigoríficos aptos a exportar a Singapura.

Em 2022, o Brasil exportou ao país asiático aproximadamente US$ 600 milhões em carnes e seus produtos. 

O anúncio soma-se à recente abertura do mercado de Singapura para gelatina e colágeno bovinos, para crustáceos e moluscos bivalves congelados e para carnes bovina e suína processadas do Brasil, o que deverá contribuir para o aumento do fluxo comercial com aquele país.

Tópicos relacionados