Saiba o que aconteceu para Ivete Sangalo e Ludmilla cancelarem as turnês

As cantoras informaram que os shows foram cancelados por falta de condições; veja o que os envolvidos disseram

Da Redação

Na manhã desta quarta-feira, 15 de maio, as cantoras, Ivete Sangalo e Ludmilla, anunciaram que suas turnês, “A Festa” e “Ludmilla In The House Tour” foram canceladas.Nos comunicados, ambas citaram que a produtora que organiza o evento não garantiu “as condições necessárias para as apresentações”. 

Ludmilla, que celebraria uma década de carreira com uma série de apresentações em arenas e estádios de 19 cidades do país, lamentou o ocorrido: 

“Sempre tive uma grande preocupação em levar grandes experiências para o meu público. É o que tenho feito nesses últimos anos. Fico triste com o cancelamento da turnê porque ela nasceu com o propósito de celebrar os 10 anos da minha carreira com uma entrega digna do que meus fãs merecem. Espero conseguir me apresentar quanto antes nas diversas cidades anunciadas e quero devolver, de melhor forma possível, todo o carinho que vocês me deram durante bodo esse tempo”, declarou na nota. 

Conforme a Folha de São Paulo, além das questões estratégicas das turnês, o que teria motivado a decisão das artistas seria a falta de retorno financeiro. “As vendas da turnê A Festa, que comemoraria os 30 anos de carreira de Ivete Sangalo, não estavam boas. O mesmo se aplica a Ludmilla e sua In The House”, diz o jornal. 

Veja o que Ivete Sangalo disse:

Após o comunicado feito pela sua equipe, a cantora usou os stories do Instagram para se manifestar sobre a decisão: "Geralmente, passo aqui para falar de carreira, de vida, de sensações e alegrias. E hoje venho aqui contar para vocês que este é um momento muito sério, de muita responsabilidade, porque, afinal de contas, tenho 30 anos de carreira, e, nesses 30 anos de carreira, a transparência, a responsabilidade e obviamente o amor, sempre foram prioridades para mim", relatou ela.

A artista ressaltou que a vontade de celebrar, "com amor e respeito", as três décadas de carreira "não pode ser maior do que a segurança e o conforto e a viabilidade para com meu público". Ela seguiu: "E é aí que eu meu deparo com uma decisão muito importante: (o show) tem que ser bom, tem que ser especial, tem que ser organizado, tem que ser planejado da maneira como vocês (fãs) merecem".

Embora “muito consternada”, Veveta disse que precisou tomar a decisão do cancelamento. “Preciso tomar essa postura, porque sempre foi assim: claro, objetivo, feito com muito amor, mas com muita responsabilidade". 

Contudo, a artista reforça que ainda planeja comemorar: "Essa celebração vai acontecer, mas eu estou muito consciente de que este momento é um momento de dar um passo atrás pela responsabilidade, acima de tudo".

Veja o que Ludmilla disse:

Em vídeo, também publicado nas redes sociais, a funkeira também comentou a decisão: 

“Esta é uma notícia que não gostaria de estar trazendo. Mas infelizmente ela precisa ser dada. Por motivos de logística e produção, a turnê Ludmilla In The House precisou ser cancelada”, começou.

“Vocês que me acompanham aqui sabem o quanto sou exigente com as minhas entregas e o quanto sou exigente quando se trata do meu público e dos meus fãs. Essa é uma coisa muito séria e que não poderia ser feita de qualquer jeito", explicou a artista.

Ludmilla se desculpou com os fãs: "Pelo desculpa para todo mundo que se planejou, assim como eu. Parei todo a minha agenda para isso, porque era um momento que estava separando para celebrar com vocês. Mas que, infelizmente, por coisas que fogem da minha mão e do meu controle, a gente não vai conseguir viabilizar a turnê”. 

A famosa, no entanto, também afirmou que ainda fará o projeto acontecer de alguma maneira. “Porém, isso não quer dizer que a Ludmilla In The House nunca vai acontecer. Quando coloco uma coisa na minha cabeça, é mais fácil tirar minha cabeça do que a coisa", concluiu.

O que a 30e disse?

Após a repercussão dos anúncios, a 30e, empresa responsável pela produção dos shows, se manifestou. No comunicado, ela lamenta, mas respeita a decisão “unilateral das artistas” A produtora também diz que, em nenhum momento, avaliou o cancelamento das duas turnês.

Leia o comunicado na íntegra abaixo:

“A produtora lamenta, mas respeita a decisão unilateral das artistas e esclarece que, em nenhum momento, avaliou o cancelamento das duas turnês. Em relação à turnê “Festa”, por questões de demanda, a empresa propôs à artista e sua equipe uma readequação da estrutura e produção e foi surpreendida com o comunicado publicado. Em relação à turnê “Ludmilla in the house tour”, não houve nenhuma negociação anterior à decisão exclusiva da artista, e seu comunicado. A 30e divulgará o mais breve possível os procedimentos relacionados ao reembolso para os fãs que já haviam adquirido ingresso.

Com mais de três milhões de pessoas impactadas anualmente pelos eventos que promove, realiza e produz, a 30e pode afirmar sua integral capacidade para cumprir seus compromissos com seus clientes, parceiros e patrocinadores, e informa que as demais turnês anunciadas estão confirmadas e ocorrerão”.

 A 30e é responsável pela produção de shows de bandas nacionais como Natiruts, Sepultura e Forfun, e de artistas internacionais, como Gorillaz, Bring Me the Horizon, Pantera, Jungle e Judas Priest, além de festivais, como Knotfest, Ultra, Mita e GPWeek.

Tópicos relacionados