Band Multi - Campinas e Região

Suspeito de cometer feminicídio em Itupeva é preso na Bahia

Ao ser ouvido, ele permaneceu em silêncio quando questionado sobre o crime

Da Redação

Adriano Santos Santana, de 39 anos, suspeito de ser o autor do feminicídio que vitimou Bárbara Santos Tranquilli Santana, de 32 anos, em Itupeva (SP), que foi preso no final da tarde de quarta-feira (10/07), pela Polícia Civil de Itabuna (BA), se manteve em silêncio quando questionado sobre o crime, segundo a Polícia Civil de Itupeva. 

O delegado titular de Itupeva, José Ricardo Arruda Marchetti, informou que, na manhã desta quinta-feira (11/07), ouviu Adriano por videoconferência. 

Segundo ele contou à reportagem da TV Band Mais, sobre o crime, Adriano se manteve em silêncio: não confessou ter sido o autor, não deu detalhes de como foi a fuga dele e não falou sobre a arma utilizada. 

Ainda, de acordo com o delegado, ele já foi denunciado pelo Ministério Público de São Paulo e é aguardada decisão do Judiciário para que seja aceita a conversão da prisão temporária em preventiva. 

O CRIME

Bárbara foi morta na noite de 26 de junho, na Estrada Municipal do Pica Pau Amarelo, na altura do número 150, no bairro Santa Júlia.

De acordo com informações do Boletim de Ocorrência, o suspeito teria colidido propositalmente o carro dele contra a motocicleta da vítima, que caiu no chão e correu. Mas, o suspeito conseguiu alcançar Bárbara, que foi atingida por vários golpes com um objeto cortante. O autor fugiu e todo o crime foi presenciado por uma testemunha. 

Bárbara foi levada com vida ao Hospital Nossa Senhora Aparecida, mas não resistiu aos ferimentos e morreu. 

Tópicos relacionados