Band Vale

Jovem denuncia ex-namorado após ter nome tatuado no rosto em Taubaté (SP)

Suspeito foi preso pela Polícia Militar depois de descumprir medida protetiva

Band Vale 22/05/2022 • 09:50 - Atualizado em 22/05/2022 • 10:19
Marcas das agressões no rosto da vítima
Marcas das agressões no rosto da vítima
Caroline Rossasi

A Polícia Civil de Taubaté (SP) investiga um possível caso de tortura contra uma jovem de 18 anos após o ex-namorado dela ser denunciado por tatuar o próprio nome em diversas partes do corpo da vítima, incluindo no rosto. O boletim de ocorrência foi registrado neste sábado (21) no 1° Distrito Policial da cidade.  

De acordo com a mãe, a filha ficou desaparecida por quase 24 horas. Neste período, a jovem alega que foi levada à força para a casa do rapaz, de 20 anos. O suspeito teria tatuado o próprio nome no rosto, no peito e na virilha da vítima, e ainda forçado uma relação sexual.

Segundo informações da família, o relacionamento entre os dois começou em 2019 e durou até o fim do ano passado. O acusado não teria aceitado o término. A mãe também afirma que não foi a primeira vez que o suspeito agrediu a jovem; a filha já tinha medida protetiva contra ele.

O homem foi preso pela Polícia Militar. A Delegacia de Defesa da Mulher vai investigar o caso.