BandNews FM

CCR apresenta planos de expansão e investimentos em fórum sobre mobilidade  

Presidentes da CCR Mobilidade, Luis Valença, e da CCR Infra SP, Fábio Russo, participaram do Fórum Mobilidade Urbana, promovido pelo Grupo Bandeirantes de Comunicação

Rádio BandNews FM 03/08/2021 • 14:23
CCR foi destaque do Fórum de Mobilidade Urbana 2021, realizado pelo Grupo Bandeirantes de Comunicação, nos dias 26 e 27 de julho
CCR foi destaque do Fórum de Mobilidade Urbana 2021, realizado pelo Grupo Bandeirantes de Comunicação, nos dias 26 e 27 de julho
Foto: Divulgação

São Paulo, 2 de agosto de 2021 - Uma das maiores companhias de mobilidade urbana da América Latina, a CCR foi o destaque do Fórum de Mobilidade Urbana 2021, realizado pelo Grupo Bandeirantes de Comunicação, nos dias 26 e 27 de julho. Na ocasião, a companhia apresentou um robusto plano de investimentos que deve ultrapassar a cifra de R$ 2,3 bilhões que irá gerar mais de 5 mil empregos diretos no curto prazo.

Dos investimentos anunciados, boa parte vai para melhorias em treze das principais estradas do Estado de São Paulo, entre elas as Rodovias Castello Branco, Bandeirantes, Anhanguera e Raposo Tavares, administradas pelas concessionárias CCR ViaOeste, CCR AutoBan e CCR SPVias. As melhorias serão de revitalização de pistas, pontes e túneis, obras nas marginais, além de novos acessos a hospitais e municípios.

Com o início das obras nas rodovias paulistas, a CCR estima a criação de mais de 5 mil empregos diretos, que devem ajudar a gerar renda e aquecer a economia nas regiões beneficiadas.

"Será feito um novo acesso à Osasco e vamos estender as marginais da rodovia Castello Branco até depois da marginal do rio Tietê, com a remodelagem de todos os acessos à cidade de São Paulo. Será uma revolução na região oeste da capital", disse Fábio Russo, presidente da CCR Infra SP. "A realização dessas obras, necessárias há muito tempo, foi resultado de uma parceria de longo prazo entre o público e o privado e da capacidade de diálogo com as prefeituras da região", completou.

Além do transporte rodoviário, a CCR deve expandir sua atuação em outro segmento, o do transporte de passageiros sobre trilhos. Recentemente, a companhia venceu o leilão da concessão das linhas 8 (diamante) e 9 (esmeralda) da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM). Juntas, as duas linhas transportam mais de 1,1 milhão de passageiros por dia e possuem 40 estações em 72 quilômetros de trilhos.

"Entendemos a importância da mobilidade urbana no desenvolvimento das cidades e nos consolidamos nos últimos anos como empresa que oferece o caminho do brasileiro até o trabalho, até a faculdade, até onde ele deseja ir. São mais de 1,7 milhão de passageiros por dia que utilizam nossos serviços diariamente. E esse número vai aumentar muito em breve", salienta Luís Valença, presidente da CCR Mobilidade.

“A conquista das linhas é uma oportunidade de estender o padrão de excelência que já adotamos nos atuais ativos de mobilidade geridos pela CCR e seus parceiros para as linhas 8 e 9, contribuindo assim para oferecer mais segurança e eficiência para as pessoas que utilizam o sistema de transporte sobre trilhos", completou Valença.

O Grupo CCR já opera as Linhas 4-Amarela e 5-Lilás de metrô de São Paulo, o Sistema Metroviário de Salvador e Lauro de Freitas, por meio da CCR Metrô Bahia, o VLT Carioca e a CCR Barcas, no Rio de Janeiro. No total, são 50 estações de metrô, 19 de barcas e 3 linhas de VLT sob administração da companhia.

Além disso, em abril deste ano, a CCR ganhou a concessão de dois blocos importantes na rodada de leilões de aeroportos realizada pela Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC). Ao arrematar os blocos Sul e Central por R$ 2,8 bilhões, a empresa passa a ser responsável pela manutenção, exploração e ampliação de 15 aeroportos pelo prazo de 30 anos.

Entre os terminais aeroportuários concedidos à CCR, estão hubs importantes como Curitiba, em São José dos Pinhais (PR), Foz do Iguaçu (PR), Navegantes (SC), Joinville (SC), São Luis (MA), Goiânia (GO), Teresina (PI) e Palmas (TO). No Brasil, o grupo já atua na gestão do Aeroporto Internacional de Belo Horizonte (MG).

Com as recentes conquistas das Linhas 8 e 9 concedidas pela CPTM e dos 15 aeroportos concedidos pela ANAC, o número de pessoas que poderão utilizar diariamente os serviços de mobilidade operados pela companhia poderá chegar a 2,8 milhões, registrando forte expansão em curto prazo.

  • Internacional
  • Brasil
  • São Paulo