BandNews FM

Eduardo Oinegue: Petrobras, de novo, na guerra contra inflação e pela reeleição

Jornalista aponta que diversos governantes usaram a estatal de maneira política

Rádio BandNews FM 24/05/2022 • 14:43 - Atualizado em 24/05/2022 • 15:11
Problema na estatal é estrutural
Problema na estatal é estrutural
Foto: Reuters

O âncora do BandNews FM No Meio do Dia e do Jornal da Band, Eduardo Oinegue, comenta a troca de comando da Petrobras fazendo uma associação com a forma que a empresa é usada pelo presidente Jair Bolsonaro e os antecessores dele.

Oinegue afirma que os governantes usam a estatal para combater a inflação e como massa de manobra para reeleição: “A Dilma foi reeleita assim, deixou um rombo na Petrobras, não quis nem saber, só se preocupou com seu próximo mandato”.

De acordo com o jornalista, a estatal tem dois tipos de sociedade para beneficiar: “A anônima são os investidores, quem ganha dinheiro por trás disso, quem recebe os dividendos, e principalmente o governo. Já a sociedade conhecida são os caminhoneiros, a população em geral que utiliza combustíveis todo dia e que está perdendo dinheiro e ficando mais pobre”.

Oinegue lançou uma questão que, segundo ele, os governantes não querem enfrentar: “Por que o presidente, o ministro da Fazenda, não usam os dividendos exorbitantes gerados pela Petrobras para fazer políticas públicas?”

O âncora do BandNews FM No Meio do Dia conclui indicando que, se o problema estrutural da Petrobras não for enfrentado de forma incisiva, essa "carteirada" usada pelos governantes sempre existirá: “Hoje é o Bolsonaro, mas já foi a Dilma, o Lula, o FHC e o Itamar Franco, todos inconformados com o preço de petróleo, porém não fizeram nada para dar as condições para que o Brasil não esteja sujeito a esse modelo”.