BandNews FM

Geadas no Sudeste aumentam preços dos alimentos e pesam no bolso do consumidor

Com parte das plantações perdidas, agricultores também recorrem a linhas de crédito para suavizar o impacto econômico sofrido

BandNews FM 05/08/2021 • 23:58
Geadas aumentaram preço de frutas e hortaliças na região Sudeste
Geadas aumentaram preço de frutas e hortaliças na região Sudeste
CNA/Wenderson Araujo

Geadas que atingiram o Brasil nas últimas semanas impactam a produção agrícola e provocam aumento no preço dos alimentos. Entre os produtos mais atingidos estão as frutas e as hortaliças da região Sudeste.

O prejuízo total ainda está sendo contabilizado pelos produtores, mas a queda na oferta de determinados itens pode pesar no bolso do consumidor final.

Segundo a Companhia Nacional de Abastecimento, os preços do tomate e da laranja pera sofreram um aumento de 40% na Ceasa do Rio de Janeiro. Já na Ceagesp de São Paulo, a alface crespa chegou a ficar 44% mais cara.

O impacto das geadas, no entanto, não vai somente para a conta dos consumidores. De acordo com a Confederação Nacional do Agronegócio, o fenômeno atingiu cerca de 60% das plantações de milho de Mato Grosso do Sul, além de parte da produção paranaense.

Por isso, como forma de recuperar os prejuízos econômicos das plantações perdidas, a expectativa é que seja criada uma linha de crédito de R$ 1 bilhão destinada aos cafeicultores mais impactados. Os recursos devem ser liberados do Fundo de Defesa da Economia Cafeeira.

Agora, para agosto, os produtores esperam temperaturas mais amenas, mas ainda existe o risco de os termômetros ficarem abaixo da média durante a passagem de frentes frias nas regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste.  

De acordo com os dados divulgados pelo Instituto Nacional de Meteorologia, este inverno está sendo um dos mais rigorosos dos últimos anos. A formação de possíveis geadas já tinha sido alertada, inclusive, no prognóstico para a estação, publicado no início de julho.

  • geadas
  • brasil
  • inverno
  • agricultura
  • agro