Notícias

Caso Henry: Advogados pedem que Justiça extraia dados do celular de Jairinho

Pedido, encaminhado por advogados de Leniel Borel, pai do menino Henry, pede que tecnologia da Polícia Federal seja utilizada

João Gabriel Peres* 24/05/2022 • 18:23 - Atualizado em 24/05/2022 • 18:24
Jairinho é acusado de torturar e matar Henry Borel, de 4 anos
Jairinho é acusado de torturar e matar Henry Borel, de 4 anos
Renan Olaz/CMRJ

Os advogados de Leniel Borel, pai do menino Henry Borel, encaminharam à Justiça um pedido para que tecnologia da Polícia Federal seja usada para extrair dados dos celulares do ex-vereador Jairinho.

O documento alega que o Instituto de Criminalística Carlos Éboli, da Polícia Civil, não teve sucesso na obtenção dos dados. Foram oito tentativas de análise nos seis celulares do político.

Jairinho é acusado de torturar e matar Henry Borel, de 4 anos. Os advogados acreditam que conversas apagadas possam conter importantes evidências envolvendo a morte do menino.

  • *Estagiário sob supervisão de Isabele Rangel