Notícias

GNV: Motoristas relatam valor maior que a capacidade dos cilindros ao abastecer

Segundo ouvintes, o número que aparecia nas bombas era maior que o possível dentro do cilindro, o que pode indicar algum tipo de fraude

Fernanda Caldas* 24/05/2022 • 19:32
Abastecimento com GNV tem sido problema para alguns motoristas
Abastecimento com GNV tem sido problema para alguns motoristas
Agência Brasil

Motoristas que abastecem com Gás Natural Veicular relatam que o valor que aparece na bomba dos postos, muitas vezes, é maior do que a capacidade do cilindro dos veículos. 

Um motorista de aplicativo, que preferiu não ser identificado, disse que começou a perceber o problema nas últimas semanas que foi abastecer. De acordo com ele, o número que aparecia na bomba do posto estava sempre superior ao do possível no cilindro. 

A bomba não pode marcar a entrada de mais gás além da capacidade do cilindro. Isso pode significar que há algum tipo de fraude no posto. Por exemplo, ao abastecer um cilindro de 15,5m³, o marcador não pode demonstrar o abastecimento de 17,5m³. Ao desconfiar de algum tipo de fraude desse tipo, o motorista pode fazer uma denúncia à ANP. 

Em nota, o Procon-RJ informou que ao receber denúncias capacitou seus fiscais para que pudessem fiscalizar esse nicho. Em 2022, mais de 100 postos já foram avaliados. Ao todo, 52 foram multados e estão com processo administrativo em trâmite. 

A ANP informou que o seu papel é verificar se o limite de segurança da pressão na bomba, que é de 220 bar, está sendo cumprido. Caso seja constatada pressão acima do limite máximo permitido, o equipamento é interditado até que se faça a manutenção e correção. Nesses casos, o estabelecimento estará sujeito a multa.

*Estagiária sob supervisão de Isabele Rangel