Notícias

Município do Rio já tem transmissão local de varíola dos macacos

Informação foi confirmada pela Secretaria Municipal de Saúde, nesta sexta-feira (24)

Gabriela Souza 24/06/2022 • 19:52 - Atualizado em 24/06/2022 • 20:10
Rio tem, até o momento, quatro casos confirmados da doença
Rio tem, até o momento, quatro casos confirmados da doença
CDC/Brian W. J. Mahy

O Município do Rio já tem transmissão local de varíola dos macacos, a informação foi confirmada pela Secretaria Municipal de Saúde, nesta sexta-feira (24).

De acordo com a pasta, os dois últimos pacientes que foram diagnosticados com a doença na cidade, são residentes do município não tem histórico de viagem internacional ou contato próximo com viajantes, ou seja, tecnicamente, os especialistas identificam como transmissão comunitária.

Apesar dessa confirmação, o Secretário Municipal de Saúde do Rio, Rodrigo Prado, afirma que a população não precisa entrar pânico.

O Rio de Janeiro tem, até o momento, quatro casos confirmados da doença. Ao todo, são 14 casos da doença no Brasil, sendo sete em São Paulo e três no Rio Grande do Sul.

Autoridades de saúde dizem que, apesar de a doença ter sido identificada pela primeira vez em macacos, o surto atual não tem relação com os animais.

As principais formas de transmissão são: por contato próximo, íntimo, com uma pessoa infectada e com lesões de pele. Pode ser por um abraço, beijo, relações sexuais ou secreções respiratórias.  

A contaminação também pode ocorrer por contato com materiais infectados, como roupas e roupas de cama que foram utilizadas pelo doente.

A recomendação é que o paciente diagnosticado com varíola dos macacos fique em isolamento até que as feridas cicatrizem.