Notícias

PF investiga furto de 16 sinos de bronze do Museu do Trem, no Engenho de Dentro

Segundo o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, o local, que está fechado ao público, não apresentou sinais de arrombamento ou invasão

Gustavo Sleman 05/08/2022 • 19:35
PF investiga furto de 16 sinos de bronze do Museu do Trem, no Engenho de Dentro
PF investiga furto de 16 sinos de bronze do Museu do Trem, no Engenho de Dentro
Reprodução/Google Street View

A Polícia Federal investiga o furto de 16 sinos de bronze do Museu do Trem, no Engenho de Dentro, na Zona Norte do Rio. O crime ocorreu na última terça-feira (2). Segundo o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, o local, que está fechado ao público, não apresentou sinais de arrombamento ou invasão.

Ainda de acordo com o Iphan, foi colhido acervo probatório. O material foi enviado a agentes a PF. Em nota, o órgão também informou que o museu possui efetivo de três seguranças armados durante 24h e o perímetro é protegido por meio da instalação de concertinas clipadas.

Montado e inaugurado na década de 1980, o Museu do Trem abriga um valioso acervo mobiliário e de locomotivas como o Carro Imperial, construído na Bélgica em 1886, e que serviu ao imperador D. Pedro II.