Notícias

Polícia Civil investiga quadrilha que furta equipamentos em hospitais do Rio

Nesta terça-feira (10), dois homens levaram equipamento que vale R$ 13 mil da Clínica de Olhos Santa Beatriz, em Niterói

Carlos Briggs 12/05/2022 • 18:43 - Atualizado em 12/05/2022 • 18:54
Bandidos foram flagrados pelas câmeras de segurança da clínica
Bandidos foram flagrados pelas câmeras de segurança da clínica
Reprodução/Câmeras de Segurança

A Polícia Civil investiga uma quadrilha que furta equipamentos médicos em hospitais do Rio. Nesta terça-feira (10), dois homens se passam por representantes comerciais, entram na Clínica de Olhos Santa Beatriz, em Niterói, na Região Metropolitana e levam um desfibrilador. O equipamento vale R$ 13 mil. A ação foi filmada e os bandidos não escondem o rosto.

O diretor administrativo da unidade, João Mora, afirma que os mesmos criminosos já roubaram unidades de saúde na capital.

Há relatos de que parte da quadrilha seja composta por colombianos e que muitos agem ainda em outros estados do Brasil. As ações são sempre da mesma maneira: rápida. O gestor de Operações da Clínica Santa Beatriz, Olavo Garrido destaca como os bandidos costumam agir.

A direção do Hospital Badim informou que registrou, em março, o furto de um equipamento interno para controle de escala funcional, realizado por dois indivíduos que estavam em visita à nossa unidade hospitalar. O comunicado acrescenta que a unidade não vai comentar e nem dar mais detalhes sobre o caso, que está sob investigação policial. Já direção da Rede D'Or negou que tenha havido furto na unidade da Barra da Tijuca.