Notícias

Volume de leite materno coletado no país aumentou cerca de 10% em 2021

Essa alta é atribuída especialmente ao home office que facilitou esse processo para as mães; dados são do Ministério da Saúde

Mariana Procópio 19/05/2022 • 19:07
Volume de leite materno coletado no país aumentou cerca de 10% em 2021
Volume de leite materno coletado no país aumentou cerca de 10% em 2021
Elza Fiuza/Agência Brasil

O volume de leite materno coletado no país aumentou cerca de 10% em 2021 na comparação com o ano anterior, segundo dados divulgados pelo Ministério da Saúde nesse Dia Mundial da Doação de Leite Materno. Essa alta é atribuída especialmente ao home office que facilitou esse processo para as mães.

O desafio agora é manter esse aumento.

O Brasil tem a maior rede de bancos de leite materno do mundo: são 225 ao todo. Mas, em Minas Gerais, no Rio Grande do Sul e na Bahia, bancos de leite que são referência nos estados estão com baixo estoque. Em todo o país, até abril, foram doados cerca de 80 mil litros de leite materno. Bem menos do que o necessário para atender maternidades e UTIs neonatais. No ano passado, 168 mil litros de leite foram distribuídos em todo o país. Segundo a coordenadora do Banco de Leite Humano do Instituto Fernandes Figueira, da Fiocruz, Danielle Aparecida da Silva, a meta é ampliar este número em 5%.

Mães que podem e querem doar, precisam entrar em contato com algum banco de leite da sua cidade. Em todo o país também existe o serviço de coleta domiciliar.

A enfermeira Maira Domingues é doadora desde que a filha completou um mês. Agora, aos dez meses, a Laurinha esbanja sorrisos, saúde e solidariedade.

Cada 500 ml doados alimentam por dia até 100 recém-nascidos.