Eleições

Moraes diz que democracia será garantida com as urnas eletrônicas

Ministro do STF afirmou ainda que é o Judiciário quem impede “avanços populistas e ditatoriais” no país

Da redação 14/05/2022 • 17:39
Ministro do STF Alexandre de Moraes
Ministro do STF Alexandre de Moraes
Foto: Agência Brasil

O ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Alexandre de Moraes afirmou neste sábado (14) que a Justiça Eleitoral vai garantir eleições limpas e transparentes com o uso das urnas eletrônicas. "Em 19 de dezembro, quem ganhar vai ser diplomado. E o Poder Judiciário continuará fiscalizando e garantindo a democracia", disse o ministro, que é vice-presidente do TSE (Tribunal Superior Eleitoral).

A declaração de Moraes foi feita durante o Congresso Brasileiro de Magistrados, que acontece em Salvador (BA). O ministro deve assumir o comando do TSE em agosto, e será o responsável pela realização das eleições.

Moraes ainda criticou as “milícias digitais” que, segundo ele, “produzem conteúdo falso, notícias fraudulentas e têm o mesmo o mais acesso do que a mídia tradicional”, fazendo com que a população duvide da imprensa.

"A internet deu voz aos imbecis. Hoje, qualquer um se diz especialista. Veste terno, gravata, coloca painel falso de livros atrás [do vídeo] e começa a falar desde a guerra da Ucrânia até o preço da gasolina, atacando o Judiciário e o Supremo", afirmou.

O atual vice-presidente do TSE falou ainda que o Poder Judiciário não irá “abaixar a cabeça” para ataques antidemocráticos. Ele afirmou ainda que é o Judiciário quem impede “avanços populistas e ditatoriais” no país..