Carnaval

"Herói" da Mangueira segura cabeça quebrada de estátua durante todo desfile

Escola fez homenagem à cantora Alcione na Marquês de Sapucaí

Da Redação

Topo

A Estação Primeira de Mangueira passou um sufoco durante seu desfile nesta terça-feira (13). A escola já estava na Marquês de Sapucaí quando um de seus carros começou entrar na avenida. Porém, uma estátua da alegoria, que representava a cantora Alcione – a homenageada da agremiação — estava sem a cabeça. Integrantes então correram para completar a peça antes que o veículo passasse diante das cabines dos jurados.

Em vídeos, é possível ver o momento em que o carro deixava a concentração, ainda sem o pedaço da estátua. Pouco depois, a cabeça foi enfim colocada, o que provocou aplausos efusivos da plateia.

Não foi possível, no entanto, grudar a peça e ela ainda corria risco de cair durante a apresentação. O jeito foi o decorador do carro se equilibrar e se escorar entre uma parede e a estátua, segurando a cabeça durante todo o desfile. O caso repercutiu nas redes sociais e internautas elogiaram o integrante da escola. 

Com o enredo “A negra voz do amanhã”, a Mangueira falou sobre a longa trajetória de Alcione. O desfile contou com a presença de diversos famosos, como Maria Bethânia, que foi destaque em um dos carros.